SBT e o medo do que virá depois de Carrossel

Após produzir novelas até boas como Revelação, Uma Rosa Com Amor, Corações Feridos e conseguir médias entre 5 e 6 pontos o SBT em 2012, com Carrossel achou o público alvo e voltou a marcar mais de 10 pontos com uma novela. Carrossel é um marco na teledramaturgia da emissora, é o que deu certo.

Finalmente anunciaram a data da estréia de Chiquititas que será dia 15 de julho. A novela será acompanhada por Carrossel até o dia 26 de julho, o que equivale a 10 capítulos. Naturalmente no período da tarde e até com as novelas do horário nobre o SBT usa essa tática, mas a novela antiga só acompanha a nova por 2 capítulos. Mas agora é diferente, a responsabilidade de Chiquititas é maior. Depende dela o futuro da teledramaturgia do canal. Por isso a emissora está tão temerosa. Se a nova novela conseguir marcar pelo menos 10 pontos o canal poderá respirar aliviado pois o público demonstrará que não gostar só de Carrossel mas sim das novelas do SBT. Se a audiência cair drasticamente ficará comprovado o contrário, ou seja, que aquela grande audiência era só de Carrossel.

O SBT está no caminho certo. Vai continuar apostando no público que conquistou com Carrossel. Não vejo outro caminho. Além de Chiquititas, pronta para estrear, a emissora já comprou mais dois textos infanto-juvenis da Televisa para produzir por aqui, são eles: Patinho feio e a já conhecida Carinha de anjo.Além do texto do Tiago Santiago que também é destinado a esse público.

Como fã de novelas torço muito para que Chiquititas faça tanto sucesso quanto Carrossel pois será a garantia da continuidade dos investimentos da emissora em teledramaturgia e também na produção de novelas infanto-juvenis, coisa que só o SBT está fazendo no momento. Fico por aqui, um abraço a todos e até a próxima.

* Gilmar Moraes

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. Creio que Chiquititas vai seguir o caminho de Carrossel tranquilo, pois tem público pra isso, além de que a turma da velha guarda, nem tão velha assim, vai querer ver e relembrar os bons tempos.

    ResponderExcluir

.