Record: muitos planos, pouca ação

A TV Record começou o ano anunciando uma nova meta: vão passar a Globo dentro de cinco anos. Desde que lançaram o tal “caminho da liderança”, meio que já deviam ter derrubado a poderosa, não? Oito anos se passaram e nada! A menos que esse caminho esteja levando para o Japão, porque olha…

Depois de estipularem a nova/velha meta a emissora entrou em crise. Se antes as demissões e cancelamentos de programas estavam limitados à Record News, as dispensas atingiram a Record.  Cerca de mil funcionários foram dispensados pelo grupo nos últimos meses, sobrou até para a presidência da emissora.

Inflacionaram o mercado, contrataram ex-globais a peso de ouro e agora mandam meio mundo pra casa. Mas nada, absolutamente nada dessa prática atinge o que é visto no ar, se limita aos bastidores.

Estão fazendo uma limpa, revendo gastos e até prevendo terceirizar a grade, mas as atrações seguem o mesmo padrão de sempre, àquele responsável por afundar o canal. Até fizeram um chamadão – copiando um que a Globo lançou tratando sobre suas manhãs “ao vivo” – afirmando que ficam 16h ao vivo diariamente com informação. Leia-se sensacionalismo.

Não fosse a cobertura incansável das manifestações e outras desgraças ad nauseam a rede certamente já teria perdido a vice-liderança para o SBT. Mas isso também não acontece porque o canal de Silvio Santos só tem duas preocupações: Carrossel e Chiquititas, nada além disso, vivem no mundo da imaginação da Xuxa.

Confesso que houve um tempo em que pensei que a Record realmente seria capaz de superar a Globo. Mas, tal qual a Manchete e o SBT, só deram um susto. Susto que fez a poderosa acordar de seu sono de beleza. Desde então, está procurando se reinventar.

E a Record caiu do cavalo. Apelou daqui e dali e o máximo que conseguiu foi se reaproximar do SBT. Acho que, mais que uma meta, a Record precisa de uma identidade, ter um foco. Não adianta faxina nos bastidores se isso não chegar ao televisor.

Ou vão cair do cavalo, de novo.

* Publicado originalmente em A TV Em Cena

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. A dona xepa tem um horário ruim e muito pouco tempo, mas estou assistindo sempre. São legais as cenas do núcleo dona xepa.

    ResponderExcluir

.