Rainha da Sucata e uma sequência histórica da telenovela brasileira

Eu já estava imaginando que estava chegando o dia de conferirmos um dos grandes momentos da reprise de Rainha da Sucata. Bastava juntar os fatos.

Laurinha Figueroa se viu sem Edu, que sambou em cima da madrasta; os filhos descobriram a verdade sobre Rafael; ela teve que vender o carro e foi fazer comprinhas na feira, ficando toda enlameada com direito à Alaíde tirando onda e, por fim, o golpe final: descobriu que as cartinhas nada amigáveis eram enviadas por Isabelle.

Sim, já vi a novela mas eu era criança e não me recordo de tudo. Também detesto spoilers e, por isso, me vi surpreso ontem, quando o Viva exibiu o anúncio do capítulo bombástico.

Verdade seja dita: 23 anos depois, Rainha da Sucata samba nas novelas atuais. Não a toa sempre esteve na primeira posição do meu ranking e hoje divide o pódium com A Favorita.

A cena em que Laurinha dá o último golpe em Maria do Carmo é incrível e todas as sequências que culminaram nesse momento foram um primor. Não a toa fez história.

Glória Menezes, sempre incrível, estava certamente no maior momento de sua vitoriosa carreira. Acredito que ainda hoje Laurinha é sua maior personagem. Diabólica, mesquinha, vingativa e esnobe, uma vilã sensacional!

O folhetim chega ao fim semana que vem, mas, mesmo antes do fim, o sentimento já é de saudade!

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.