Adriane Galisteu e Gugu provam que nada na TV é definitivo

Vamos voltar um pouco a fita? Adriane Galisteu deixou a Record para se acertar com o SBT, da mesma forma que saiu da Rede TV! para comandar o “É Show”. Quando assinou com o canal de Silvio Santos, a conversa era: não tem volta, portas fechadas na Record.

O mesmo ocorreu com Gugu quando deixou o SBT para ir ganhar um salário milionário na concorrente. Diversos profissionais do SBT chamaram o animador de traidor, publicamente. Inclusive o Roque, durante entrevista ao talk show de Sérgio Mallandro, no Multishow.

Mas o mundo dá voltas. Galisteu não deu certo em nada que fez desde que deixou o canal da Barra Funda, assim como Gugu, cuja audiência no novo canal foi inferior ao que ele já penava pra conseguir à frente do “Domingo Legal”.

Agora, ela se acertou com a Record, ao menos para comandar uma única edição do “Domingo da Gente” – ô nomezinho horrível e sem criatividade. Enquanto Gugu caminha pra voltar ao SBT, mesmo que não seja aos domingos, onde conquistou seus maiores feitos – no passado.

História semelhante a dos atores que saíram da Globo, dizendo que seriam estrelas na Record. Os mais renomados já juntaram suas coisinhas e voltaram para a Globo, mesmo que para interpretar papéis secundários – poucos retornaram com status de protagonista, como Gabriel Braga Nunes.

Ou seja, o que se diz hoje, não vale amanhã. Até a Globo dizia que quem assinasse com outros canais não poderia voltar. Isso se chama concorrência, e é mais que saudável que exista esse tipo de liberdade – mesmo que, no meio do caminho, role um #mimimi.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários :

  1. Nome horroroso, realmente. Ainda vem a sensação de que o Netinho vai estar lá no meio do auditório. KKK

    ResponderExcluir
  2. Concordo. O nome "Domingo da Gente" é feio e sem criatividade. Mas, mais sem criatividade ainda pode ser o próprio programa em si. Se ele tiver muitos itens do antigo Tudo é Possível isso será comprovado.

    ResponderExcluir

.