"Amor à Vida" é a novela do Félix


Amor à vida tem uma trama central forte e que consegue com suas reviravoltas ainda chamar alguma atenção para a novela. Muitos que não conseguem por que não podem ou porque não tem paciência mesmo pararam diante da TV para ver o show de Mateus Solano e o seu Félix, um dos personagens mais bem construídos da nossa teledramaturgia, na última semana. 

Dá pra se sentir ódio e piedade, o personagem é uma mistura de bom e ruim regado a um humor ácido que o torna ainda mais cativante. Que ele é um vilão é, mas é um vilão com seus motivos já que foi criado pelo mau caráter doutor César, um manipulador de mão cheia que influenciou e muito na formação da personalidade do filho.

Amor à vida não é a novela da Paloma e do Bruno, do casalzinho romântico, é a novela do Félix. Seus recordes de audiência se dão quase sempre quando o personagem entra em cena com alguma bomba. Tirando ele, ainda dá pra gostar do doutor Lutero, da Dona Bernarda e também dá pra torcer pro Niko acabar com a raça da Amaryllis. O resto passa quase batido e até a Valdirene, que era tão engraçada, já não tem mais graça. Pelo visto caberá mesmo ao Félix carregar nas costas Amor à vida até janeiro. Fico por aqui, um abraço a todos e até a próxima. 

* Gilmar Moraes

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários :

  1. S/ dúvida Mateus Solano 'carrega' a novela nas costas.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto. É isso aí mesmo. Estranho que ninguém tivesse percebido/dito isso antes, de tão evidente...

    ResponderExcluir

.