Estreia de Além do Horizonte entre os mais lidos do Cena Aberta

Logotipo de Além do Horizonte

Quando vi que Ricardo Waddington descartou Fiuk, pensei: ufa, pelo jeito vamos ter uma novela com atores mais preparados. Não foi o que aconteceu.

"Sangue Bom" saiu de cena ontem como uma decepção para muita gente, especialmente para os que esperavam uma espécie de 'continuação' de "Tititi", sucesso da dupla Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, uma das maiores audiências da faixa das 19h nos últimos tempos.

Cada autor tem um estilo e elementos que costuma usar em suas obras. Manoel Carlos com suas Helenas e o Leblon, Walcyr Carrasco com seus didatismos. João Emanuel Carneiro com personagens dúbios e gays que não são gays. A lista é extensa, mas vamos terminar no Carlos Lombardi com suas tramas ágeis e repletas de homens descamisados. Quem pensou que essas características iriam se modificar com a mudança de emissora, se enganou, pois elas continuam lá em Pecado Mortal.

Essa bola foi cantada pelo Cena - duas vezes, inclusive - e, ao que parece, a Globo finalmente entendeu que, do jeito que tá, não dá. O Vale a Pena tem registrado médias de 15 pontos e, depois, os filmes derrubam para 9, 10. Difícil a Malhação conseguir fazer milagre na sequência.

Como eu definiria Boninho? ZzzzzZZZZZzzz. Xuxa vai ter quadro de calouros, quem escalar? Eri Johnson. Vai ter BBB, quem chamar? Eri Johnson.


Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.