Os mais lidos da semana no Cena Aberta

Rodrigo Faro e Gerson Brenner


Com Gerson Brenner, Rodrigo Faro emociona sem apelar
Assisti a passagem do ator Gerson Brenner pelo O Melhor do Brasil com certo receio, afinal, trata-se da Record e, bem sabemos, a chance de apelar pro sensacionalismo é sempre grande. Mas eu queria, assim como muitos, rever Brenner, um dos grandes galãs das telenovelas da década de 90, afastado do vídeo depois de uma grande tragédia.

Adriane Galisteu é um fenômeno midiático; cabe estudo
É curioso o que acontece com a apresentadora Adriane Galisteu. Nos últimos anos, virou um fenômeno midiático. É difícil um dia em que ela não vire notícia, seja por alguma reclamação relacionada a um contratante – frequente enquanto esteve no SBT -, brigas com Ana Hickmann, novo contrato, futuro profissional, enfim, ‘n’ motivos.

Joia Rara, por enquanto, não empolga
Joia Rara é uma bela produção, isso não se discute. Tudo é muito bem feito: figurinos, cenários, reconstituição de época e, se não fosse aquela iluminação horrível, a trama seria plasticamente perfeita. Conta também com uma ótima direção e um elenco muito competente. O grande problema, no entanto, está na história da novela que é pra lá de lugar comum.

Depois de anunciar o Jornal Nacional, Marcelo Rezende tenta pisar no concorrente
Interessante a estrategia de Marcelo Rezende. Num dia se confunde e banca a Ana Paula Padrão, anunciando o Jornal Nacional, ao invés de Jornal da Record.

A Maldição de Chucky é o retorno triunfal do Brinquedo Assassino
Adoro Chucky e tenho a impressão que os longas dele já passaram na Sessão da Tarde, não? Tinha uma época que as sessões vespertinas passavam qualquer coisa - até um filme de uma mulher que ficava desnuda ao final, não me recordo o nome, mas passou umas 300 vezes.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.