"Sangue Bom": Uma novela que não aconteceu

Marcos Pigossi

"Sangue Bom" saiu de cena ontem como uma decepção para muita gente, especialmente para os que esperavam uma espécie de 'continuação' de "Tititi", sucesso da dupla Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, uma das maiores audiências da faixa das 19h nos últimos tempos.

O que se viu, no entanto, foi uma produção que não engrenou. Tal qual "Saramandaia" e a nova das 18h, "Joia Rara", tem lá suas qualidades, mas a sensação, desde o lançamento, é a de que estava faltando alguma coisa.

O texto, bom dizer, um dos mais inteligentes e inspirados dentre as atuais produções globais, entretanto, talvez por ter sido mais longa que as anteriores, os autores não conseguiram segurar a peteca e tiveram diversos personagens tidos como 'chatos', a começar por Bento (Marcos Pigossi).

O cara era uma espécie de Tufão (Murilo Benício) de "Avenida Brasil" misturado com uma mocinha de época. Por mais que esfregassem verdades em sua cara, ele insistia querer acreditar em Amora (Sophie Charlotte).

Fora isso, ninguém era de ninguém. Isso dificultou a criação de torcidas para os casais mais populares e, pra completar, a novela começou a andar em círculos e se tornou repetitiva. Quantas vezes Malu (Fernanda Vasconcelos) berrou com a mãe Barbara Ellen (Giulia Gam), dizendo que a casa era sua e iria colocá-la pra fora? Dentre outras cenas.

Em resumo, "Sangue Bom" conseguiu elevar em 2 pontos a média deixada por "Guerra dos Sexos", empolgou ao revisitar algumas tramas como a já citada "Avenida Brasil", mas, no geral, não vai deixar saudade. Não disse a que veio.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

11 comentários :

  1. Nao vai deixar saudades para vc, pois muitos adoraram a novela, eu por exemplo.

    ResponderExcluir
  2. A história era ótima, não tinha nada de errado com o enredo, nunca que andou em circulo. A novela aconteceu sim, só a audiência que não correspondeu, mas isso é problema da emissora, eu como espectador fiquei super satisfeito com a novela.

    ResponderExcluir
  3. não é porque vc não gostava, que a novela foi ruim ou cheia de problemas, e audiência não quer dizer qualidade, e Sangue Bom tinha muitas.

    ResponderExcluir
  4. Eu fui um dos que achei que faltava alguma coisa, mas mesmo assim gostei da novela. Rolou certa implicância nessa crítica.

    ResponderExcluir
  5. Para mim foi uma boa novela e não se compara com Joia Rara que está chata e chata Sangue Bom nunca foi. Teve alguns defeitos mas pelo menos para mim foi uma novela gostosa de ver. Eu ficarei com saudades.

    ResponderExcluir
  6. Engraçado é que o CENA acha q só pq ele não curtiu a novela, ninguém curtiu! Acha q só ele entende de novela e pode julgar se a novela é boa ou não e ponto. Só vi críticas boas em outros sites sobre o capítulo final da novela, apesar da audiência não ter sido boa!

    ResponderExcluir
  7. Oque eu qcho é que cada um tem uma opinião e, no caso, vc só,prestou p reclamar da minha, a sua que é bom, não vi.

    ResponderExcluir
  8. Do q importa minha opinião, a sua é soberana, não? Já pode ser contratado pela globo pra escrever uma novela, já q entende tanto do assunto!

    ResponderExcluir
  9. Fosse verdade, o Cena não teria um espaço pra comentários, mas sua cabecinha pequena não entende isso.

    ResponderExcluir
  10. Não pude acompanhar a novela na íntegra. Acompanhei os dois primeiros meses sem muita empolgação. Voltei a me interessar pela novela novamente somente após a virada da personagem Amora. Aliás, nunca pensei que fosse dizer isso, mas não vejo outra atriz para ser escolhida melhor atriz do ano sem ser a Sophie Charlotte. Sangue Bom, pode não ter sido o novelão que prometia, mas serviu para acompanhar o amadurecimento na arte de interpretar de Sophie, Humberto, Marco, Isabele, Fernanda e até mesmo Jayme, mesmo o personagem sendo o mais fraco dos 6 protagonistas.
    Deu pra notar também que Sangue Bom teve a marca Vincent Vilari do que Maria adelaide Amaral. Isso só mostra o quão talentoso é o primeiro e quão generosa é a segunda. Vincent está pronto pra assumir um trabalho solo.
    Não foi uma novela de fácil entendimento, mas teve em seu texto e na citação de obras de outros autores os seus maiores trunfos. Personagens complexos, que demonstravam bondade, mas também eram capazes de ser rancoros, invejosos e até mesmo preconceituosos. Muitos fingiam ser o que não eram.
    O propósito inicial foi bem executado e Sangue Bom conseguiu fazer refletir sobre o que é mais importante, ter ou ser. Vai deixar saudades, sim! A tv precisa de tramas que fujam do lugar comum. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com tudo, porém para mim a melhor atriz foi a Isabelle Drumond ( linda, divina) , assisti desde o começo e sempre ficava aquela vontade de continuar a assistir. Muito melhor do que Amor a Vida e a chata de Jóia Rara.

      Excluir

.