De mansinho, horário nobre adentra madrugada


Quando a novela das oito da Globo fazia jus ao nome, a linha de shows da emissora começava por volta das nove horas. Os outros canais, que desde sempre baseiam sua grade na programação da líder de audiência, também aproveitavam a faixa para a exibição de semanais. Trata-se de um padrão seguido até os dias de hoje pelas emissoras brasileiras, a não ser por um pequeno detalhe: boa parte dos semanais, agora, entra no ar praticamente de madrugada.

Jô Soares se alojou no fim de noite da televisão brasileira há mais de 20 anos com seu famoso talk show. Estreou no SBT, com o clássico Jô Soares Onze e Meia. O nome da atração traduzia o que era fim de noite lá no início dos anos 1990: a faixa das onze e meia da noite. Tudo bem que o Jô Onze e Meia raramente entrou no ar neste horário em seus anos de exibição, mas, ao menos quando estreou, ficava no “mais ou menos às 23h30”. Quando saiu do ar no SBT, Jô Onze e Meia começava por volta de 0h30. Atualmente na Globo, o Programa do Jô costuma entrar no ar à 1h da manhã. Mas até mesmo este horário pode avançar ainda mais, tendo em vista a “ginástica” que a Globo tem feito ultimamente, o que afeta todas as emissoras.

A novela das oito passou a entrar no ar pontualmente às 21h nos anos 2000, com Laços de Família. Mas só mudou de nome para “novela das nove” oficialmente em 2011, com a estreia de Insensato Coração. E, tanto Insensato quanto as novelas que a sucederam já entraram no ar após às 21h, por volta de 21h15. E como os capítulos das novelas das nove têm ficado cada vez maiores, a programação que entra na sequência passa a começar cada vez mais tarde.

Nada justifica o horário avançado com que Amor à Vida sai do ar. A não ser em dias de futebol, a trama de Walcyr Carrasco nunca se despede antes das 22h35. Há dias em que sai do ar quase às 23 horas. Com isso, o canal tem obrigado seus espectadores a irem dormir cada vez mais tarde. Mesmo aqueles que só esperam a novela acabar para ir deitar já viram sua rotina se alterar consideravelmente. Para aqueles que ainda ficam diante da TV mais um tempo, então, a coisa ficou ainda pior. O jeito é ir dormir após à meia-noite!

Na última quinta-feira, 28, por exemplo, os horários avançados da linha de shows da Globo chamaram a atenção. The Voice Brasil, que vive uma excelente fase agora que é exibido nas noites de quinta, entrou no ar já tarde, às 22h45. Agora que está em sua fase ao vivo, o programa ficou maior, e só se despede após a meia-noite. Fernanda Lima e seu Amor & Sexo entram na sequência, já de madrugada, seguido do Jornal da Globo, também empurrado para cada vez mais tarde. O Programa do Jô, assim, só entrou em cena às duas da matina.

Os outros canais, na aba da Globo, também apostam numa grade cada vez mais notívaga. A Record, que há tempos alojou sua produção de dramaturgia após a novela da Globo, exibe seu atual produto, Pecado Mortal, após às 22h30. Na cabeça dos diretores da emissora, colocar no ar a trama de Carlos Lombardi numa faixa que concorre direto com Amor à Vida seria uma espécie de “suicídio”. Assim, não percebem que, exibindo Pecado Mortal às 23 horas, estão queimando um produto que tinha tudo para ser bem-sucedido caso fosse ao ar mais cedo. Pecado Mortal é uma ótima produção, com texto, direção e elenco afinados. Produção anos-luz mais interessante que a boboca infantiloide Amor à Vida. Mas não decola, e um dos motivos é seu horário esquisito.

A Record também sacrifica sua linha de shows com isso. Os semanais, há tempos fixados às 23 horas, agora começam de madrugada. Já era quase meia-noite quando Aprendiz – O Retorno entrou no ar na quarta-feira, dia 27. Não por acaso, trata-se da temporada de menor audiência da história do reality.

No SBT, há tempos a linha de shows já foi fixada na faixa das 23 horas para fugir da novela da Globo. Mas, nos últimos meses, até mesmo o Programa do Ratinho acabou realocado. O apresentador sempre fez questão de bater de frente com a trama das nove, mas a direção do SBT, por perceber que os índices de seu programa sobem quando a novela acaba, optou por mudar de vez o horário da atração. É a reprise de Rebelde que agora enfrenta a novela global. Com Ratinho às 22h e linha de shows às 23h, o Jornal do SBT acabou “jogado” para madrugada adentro.

O mesmo aconteceu com a Band, que nos últimos anos soube fortalecer sua linha de shows. As atrações também ficam à mercê da trama da Globo. E como o canal resolveu apostar num late show com Danilo Gentilli à meia-noite, as atrações tradicionais do horário também sumiram pela madrugada. O Jornal da Noite de Bóris Casoy entra no ar cada vez mais tarde. O Claquete passou a entrar no ar num horário tão impossível que acabou de ser extinto, pois já não havia mais sentido manter programação própria até duas da manhã quando a Band pode faturar um extra vendendo sua madrugada paras as igrejas da vida. Pois é...

A Globo devia rever o horário de seu principal produto. Tudo bem que a novela das nove já está mais do que fixada às 21h, mas não precisava ser tão enorme e sair do ar tão tarde. Capítulos que durassem até, no máximo, 22h20, seriam o ideal. Amor à Vida nem tem tantos acontecimentos assim para sustentar capítulos tão extensos...

Por André San

Blog: www.tele-visao.zip.net
E-mail: andresantv@yahoo.com.br
Twitter: @AndreSanBlog 

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários :

  1. E depois reclamam da baixa audiencia.Novela das 21:00,começando quase as 22:00 e 'faixa nobre' começando as 23:00.Será que eles não sabem que a maioria da população tem que acordar cedo no dia seguinte.

    ResponderExcluir
  2. Oi André!

    Bacana demais a sua análise. A questão é que o share - número de TVs ligadas, é maior na faixa a partir das 21h e vai até o início de madrugada. O maior problema hoje das TVs abertas é que o povo está desligando a TV à tarde e no início da noite.

    Dentro dessa lógica, até consigo entender o porque da Record colocar Pecado Mortal tão tarde. Mas, ao mesmo tempo, a tática esvazia um produto muito bom em um momento em que as atrações do horário são outra.

    Eu ainda sou da tese que a Record tinha que colocar Pecado Mortal de 20h50 às 22h. Concorria com os 10 minutos finais do JN e já pegava o telespectador que não está satisfeito com Amor à Vida, como é o meu caso. Mas para isso, é preciso a emissora relançar a novela e investir em divulgação.

    Amor à Vida termina cada dia mais tarde. No dia do The Voice Brasil a novela entrega quase às 23h. Quem trabalha no outro dia não consegue ver o programa inteiro. Apesar de não concordar com essa tática do horário nobre cada vez mais tarde, eu entendo o motivo das emissoras estarem fazendo isso. Ninguém quer queimar cartucho à toa.

    Abraço,

    www.cafecomnoticias.com

    ResponderExcluir

.