"Eu Te Amo Renato" é um retrato do jovem atual, tal qual "A Menina Sem Qualidades"


Estava dias atrás sem nada pra assistir e acabei me deparando com o filme "Eu Te Amo Renato", que nunca tinha ouvido falar - e olha que fui ao cinema assistir "Faroeste Caboclo" e "Somos Tão Jovens", num ano em que Renato Russo esteve super em alta.

Esse longa não tem absolutamente nada a ver com o cantor, além de ter a trilha sonora embalada por suas canções inesquecíveis - tá, e por 'surgir' em certo ponto da narrativa.

Sim, tem muitas cenas de sexo, porém, tem história. Estabeleci essa comparação com a série da MTV, "A Menina Sem Qualidades", porque ali existiu outro excelente trabalho direcionado aos jovens. E para os jovens atuais.

Algo que a "Malhação" é impedida de fazer, pelo horário. Os jovens hoje transam mais, começam a praticar o ato sexual mais cedo e, na dúvida sobre se gostam de João ou Maria, experimentam. E podem gostar das duas coisas, e praticá-las em conjunto.

E aí que, se eu comparo com o excelente trabalho estrelado por Bianca Comparato, pode ter certeza que é coisa boa. Tem conteúdo.

Não é tão bom quanto "Faroeste" e "STJ", é mais simples, mas vale assistir.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.