Sabrina Sato é tudo isso mesmo ou é apenas oba oba?


Faz duas semanas que só se fala em Sabrina Sato, que deixou o "Pânico" pra estrear novas atrações na Record.

Já tem algum tempo que se comenta sobre um programa solo para ela, que estava em negociações de um formato com a RedeTV!, quando a trupe migrou para a Band.

Não vejo o "Pânico" há muito tempo, não gosto do humor grosseiro que fazem, mas houve um período em que não perdia uma edição - antes de começarem a apelar tipo muito.

E, se eu penso em Sabrina, penso numa pessoa que ficava no palco dando risadinhas e soltando um 'é verrrrrdade Emílio".

Ela teve evolução? É realmente tão uau a ponto de garantir toda essa disputa por seu nome?

Porque, com essa visão que tenho dela, só consigo imaginar Sabrina seguindo os passos de Patrícia Abravanel: simpática, esforçada e, no final das contas, dependente de um teleprompter.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. Ela é bonita e tem carisma,isso ninguem pode negar.Mas como apresentadora deixa muito a desejar.Não sabe entrevistar,não pesquisa sobre o entrevistado,entre outras coisas.Não sei se ela é meio burra ou se faz 'tipo'.

    ResponderExcluir

.