EXCLUSIVO: "Nunca houve nenhum tipo de conflito", diz Priscilla Alcantara, ex-SBT


Priscilla Alcantara dará início à uma nova fase em sua carreira. Após quase uma década comandando o infantil “Bom Dia & Cia”, no SBT, a jovem, que cresceu em frente às câmeras, agora se prepara para enfrentar um novo desafio.

Ela vai estrear o programa independente “Priscilla Entre Amigos”, na RedeTV!, que terá exibição a partir de 1º de fevereiro, sábado, às 18h45. Atração que terá música, informação e entrevistas, e será dedicada à família.

Em entrevista exclusiva concedida ao RD1, a apresentadora comentou sua nova fase profissional.

Confira:

RD1 - Como foi a sua saída do SBT?

Priscilla: Toda saída tem o lado triste, e a minha do SBT não foi diferente, afinal foram quase 8 anos de casa, trabalhando com praticamente a mesma equipe e tendo a mesma rotina. Mas eu sempre tive em mente que, na nossa vida, existem ciclos, e a saída do SBT representou o término de um, e eu estava pronta para começar um novo. Foi uma saída tranquila, de portas abertas para ambos os lados! Nunca houve nenhum tipo de conflito, muito pelo contrário. Sou muito grata a eles por todos esses anos.

RD1 - Já existia um desejo de seguir com trabalhos para o público adulto? Você chegou a conversar sobre isso com o canal?

Priscilla: Havia uma vontade, mas eu sempre amei trabalhar com o público infantil e o “Bom Dia” atraía não só esse público, mas também os mais velhos, por incrível que pareça. Eu já tinha em mente que quando saísse do programa infantil, iria partir para um novo desafio que seria um programa voltado para a família brasileira, mas não houve conversa com a emissora para montar um novo projeto desse tipo após a minha saída.

RD1 - Hoje você vai encarar uma produção independente, que te dá mais liberdade para criar. Como surgiu esse projeto?

Priscilla: Após a minha saída do “Bom Dia”, eu já comecei a pensar em um projeto novo. Do meu jeito, com as coisas que eu via que o público precisava receber como conteúdo. Seria um novo passo, eu sabia que precisava dá-lo. Então houve a saída do SBT; apareceram outras pessoas que curtiram a ideia e me ajudaram na formação do projeto que eu tinha em mente. Até que conheci a KJD Participações, que surgiu com a proposta do programa independente.

RD1 - O que seus fãs vão poder encontrar no “Priscilla Entre Amigos”? Você pretende apostar mais no seu lado cantora na atração?

Priscilla: Durante todos esses anos na TV, eu pude criar um vinculo muito legal com o público brasileiro, afinal, estávamos juntos todas as manhãs! E, no “Priscilla Entre Amigos”, eu quero que as pessoas me recebam como a amiga Priscilla. Não quero trazer essa coisa ‘irreal’ que muitos aparentam, onde o telespectador acha que o apresentador é um robô ou algo que não se pode tocar. Eu quero me divertir com eles, e esse é o foco do programa. E, por ser cantora, vou levar muita música, cantores, bandas que a galera adora. Vai ser divertido, vou poder misturar minhas duas artes: música e televisão.

RD1 - O sábado é considerado um dia difícil, onde até as novelas registram baixa. Qual sua expectativa com relação a audiência?

Priscilla: Independente da audiência, nosso trabalho será feito da melhor forma e assim queremos atrair as pessoas. Sabemos que todo começo é difícil, mas Deus me ensinou a não me basear nas circunstâncias, então tudo pode acontecer (risos).

RD1 - Você já está há algum tempo fora do ar. Tem sido muito cobrada por seus fãs nas ruas?

Priscilla: Sim! A maioria me perguntava quando eu ia voltar à TV e eu ficava no “Só Deus sabe, amigo!” (risos). Mas, agora que o projeto já esta em execução, posso dar uma resposta concreta e me deixa muito feliz saber que eles ficam felizes ao saber da minha volta, e que sentem minha falta.

RD1 - Além da TV, como anda sua carreira musical? Quais são seus projetos para 2014 no segmento?

Priscilla: Graças a Deus está indo muito bem. Estou prestes a lançar um single, está quase pronto! Música é minha paixão, então me dedico muito a ela, principalmente para esse meu novo disco que vou lançar em 2014. Vai ser diferente de tudo o que já fiz, tanto pelas composições, quanto a produção. Isso porque enquanto eu estava fora da televisão, dei uma pausa em tudo e fiquei a sós, meses com meu violão, compondo, planejando, pesquisando referências e me aprimorando. E vou trazer tudo isso à tona em 2014. Farei parcerias com outros artistas, clipes estão por vir também. Estou ansiosa para lançar o disco e tudo mais.

RD1 - Você cresceu em frente à TV, isso te atrapalhou enquanto criança, ou as brincadeiras propostas no “Bom Dia” já supriam suas necessidades infantis?

Priscilla: Supriam, com certeza. Nunca tive esse tipo de problema de “não ter a infância aproveitada pelo trabalho”. Levava minhas bonecas para o estúdio e pra mim já estava ótimo. Fazia ate os câmeras brincarem comigo (risos).

RD1 - E com relação a falta de privacidade? Você não costuma se expor.

Priscilla: Não me importo com o fato da privacidade porque eu escolhi ser uma pessoa pública, eu sabia que haveria isso, faz parte. Mas não sou também o tipo de pessoa que se expõe. Ao mesmo tempo que sou reservada, gosto de mostrar minha realidade, fatos pessoais através do Instagram, por exemplo. Ate mesmo para deixar meus fãs mais próximos. Eu fico pensando em várias coisas sobre o que a Beyonce faz, por exemplo (risos). Assim, meus fãs também têm curiosidades sobre minha vida, então gosto de mostrar a eles o que convém.

RD1 - O que mudou na Priscila que despontou no “Bom Dia” e que hoje caminha para completar 18 anos?

Priscilla: Uau, muita coisa! Menos o tamanho, infelizmente. Tenho 1,55 desde que entrei no “Bom Dia”! Mas, enfim, amadureci profissionalmente e como pessoa, o que me dá mais capacidade para fazer novas coisas. O público merece o melhor, então todos esses anos me serviram de aprendizado para melhorar para quem me assiste. Minha fé também está maior do que nunca.
Acesse!

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.