"Joia Rara" é a volta por cima de Carmo Dalla Vechia


Muitos internautas me dizem: "te leio desde os tempos de A Favorita". Isso acontece por conta do furor que essa grande novela de João Emanuel Carneiro causou nesse espaço.

Era uma produção perfeita, a minha preferida, entretanto, tinha um defeitinho: Carmo Dalla Vechia não comprometia a produção, mas estava bem abaixo dos demais do elenco. Fraquíssimo.

Seus trabalhos seguintes mantiveram o mesmo nível, entretanto, vi uma evolução em "A Cura". Agora, com Manfred, em "Joia Rara", acho que ainda falta alguma coisa, entretanto, é impossível negar que ele está muito bem. Um resultado acima do que apresentou nos últimos anos.

Ele deu um tom infantil a Manfred, uma criança grande que faz birra por não ter as coisas que Franz tem/conquistou. E por ter sido rejeitado pelo pai, que na verdade nem é seu pai. Os trejeitos ajudam a compor o personagem.

A evolução do ator, somada ao espetáculo que é José de Abreu, têm garantido sequências ótimas a essa que, insisto, é a melhor novela no ar.

Merece o registro.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. Ele esteve ótimo em Cordel Encantado tbm! Depois deu uma desandada em Amor Eterno Amor e agora voltou bem ao ar...rs

    ResponderExcluir

.