"Além do Horizonte" tornou-se uma boa novela


Nada como ter um pouco de paciência quando o assunto é novela. Além do Horizonte começou terrível e, de umas semanas pra cá, se tornou uma boa novela. Consegue até empolgar. A audiência, apesar de uma leve reação, continua e continuará ruim, porque os autores não souberam apresentar a história. E estão pagando por isso. Dificilmente a novela deixará de ser o maior fracasso de audiência de todos os tempos do horário das sete da noite.

A novela já era uma estranha no ninho. Uma trama com cara de seriado de aventura em um horário em que a comédia sempre predominou. Para piorar e contribuir com o estranhamento do público, os autores iniciaram a estória com um assunto pra lá de subjetivo: a busca pela felicidade. Tal busca não fazia sentido e a tal comunidade também muito falada, muito menos. A novela foi apresentada para os telespectadores de forma obscura, o que contribuiu para afugentar muitos deles.

Há algumas semanas tudo foi se clareando. A comunidade foi mostrada como realmente é, vários personagens apresentaram suas verdadeiras faces, ou seja, agora o público sabe quem é quem e do que a novela está falando. Mas o público que restou, que teve paciência pra aguentar o blábláblá da felicidade por vários capítulos até que a novela se tornou mais ágil e clara. Isso se deu só há poucas semanas. 

Fica uma lição: novela deve agradar já no início, não precisa ser didática, mas os telespectadores precisam entender do que se trata a trama. Novela não é cinema ou teatro que lidam com um público específico, é pra massa e deve ser feita de uma forma que esta a entenda. E mais: uma trama que agrada no início pode até piorar lá pelo meio que o público tem paciência e não abandona, vai até o fim, pois já criou um envolvimento com a estória e com os personagens. Uma novela quando começa  já enfrenta rejeição dos viúvos da anterior. Se a trama já começa mal aí é que não conquista mesmo os telespectadores  e se não são conquistados no início, provavelmente não darão uma nova chance pra mesma, como é o caso de Além do Horizonte.  Fico por aqui, um abraço a todos e até a próxima.

* Gilmar Moraes

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. Vide amor a vida né? começou como promissora e virou o balaio de gato, mas os que gostaram desde e o início permaneceram fiéis!

    ResponderExcluir

.