Viva crava data da estreia de "História de Amor"


Elas são fortes, frágeis, batalhadoras, mimadas, jovens e maduras. As mulheres são as grandes protagonistas das tramas de Manoel Carlos. Um dos sucessos do autor, "História de Amor" estreia no VIVA dia 10 de março. A atração ocupará o horário de "Anjo Mau" e também irá ao ar aos sábados, sempre às 15h30. Exibida na faixa das 18h, em 1995, pela TV Globo, "História de Amor" marcou a comemoração de 30 anos de carreira de Regina Duarte que, pela primeira vez, interpretou a heroína Helena – personagem que permeia a obra do autor desde a década de 1980 e já foi vivida por diferentes atrizes. O ator José Mayer também fez sua estreia no elenco das histórias do escritor. 

Com direção de Ricardo Waddington, Roberto Naar e Alexandre Avancini, "História de Amor" é ambientada em bairros cariocas como Leblon, Jardim Botânico, Gávea e Barra da Tijuca. A novela conta ainda com cenas gravadas em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro. O enredo principal mostra o quadrilátero amoroso que envolve Carlos Alberto Moretti, papel de Zé Mayer. Ele é um endocrinologista casado com a jovem e mimada Paula (Carolina Ferraz), que antes era sua paciente. Porém, ele tem um passado bem presente em sua vida: Sheila (Lilia Cabral), com quem se relacionou por dez anos e é sua sócia em uma clínica. A ex não desiste de reatar e ultrapassa os limites quando o assunto é ter Carlos de volta. 

Quem balança o coração do médico, no entanto, é Helena. Eles se conhecem de um jeito inesperado. A caminho de seu casamento, ele se depara com um jovem casal brigando. Caio (Ângelo Paes Leme) empurra Joyce (Carla Marins) do jipe e o médico atrasa a sua chegada à igreja para levar a moça para sua clínica. Joyce é nada menos do que a filha de Helena (Regina Duarte), que encanta Carlos com sua doçura. Diferente das outras mulheres de sua vida, ela vira alvo do médico, que termina seu relacionamento com Paula para se render ao que ele acredita ser sua grande história de amor. 

Joyce e Helena enfrentam a típica relação entre mãe e filha, um misto entre conflitos e harmonia. Mas a menina fica inconformada ao descobrir que, na verdade, é fruto do romance de seu pai, Edgar Assunção (Nuno Leal Maia), com a irmã de Helena. A personagem de Regina Duarte assumiu e cuidou de Joyce ainda bebê, após a morte de sua irmã em um acidente. No entanto, ela sempre preferiu manter a história em sigilo, o que revolta a moça. 

Além da gravidez precoce, o autor aborda situações cotidianas como o machismo de Assunção, que desconta seu sexismo na filha, na ex-mulher e na atual companheira, Valkíria (Cláudia Mauro). No decorrer da trama, o ex-campeão de remo fica paraplégico ao sofrer um acidente de carro, e é nos esportes - outro tema de destaque da novela - que ele recupera a vontade de viver. O folhetim enfoca ainda no câncer de mama de Marta (Bia Nunnes). A luta da personagem incentivou campanhas de prevenção e conscientização da doença na época. Maneco evidencia também o drama de mulheres que têm dificuldade de engravidar, como no caso de Mariana (Monique Curi). 

A novela traz a canção "Lembra de Mim", interpretada por Ivan Lin na abertura. O elenco conta ainda com nomes como Eva Wilma, José de Abreu, Cláudio Corrêa e Castro, Dennis Carvalho, Ana Rosa, Flávia Alessandra, Sebastião Vasconcelos, Sérgio Viotti, Maria Ribeiro, Yara Côrtes, Umberto Magnani, Claudio Lins, Cristina Prochaska e Cláudia Lira. "História de Amor" marca a estreia de Regina Duarte nas novelas escritas por Manoel Carlos. Desde a década de 80 o autor não batizava suas protagonistas como Helena (a primeira foi Lilian Lemmertz em "Baila Comigo"). A partir de então, todas suas heroínas ganharam esse nome: "Foi nesse trabalho que criei um traço da personalidade da Helena e mantive em todas: uma certa crueldade. As minhas Helenas têm sempre mais de 40 anos, já passaram por várias experiências amorosas e são imperfeitas. Elas erram, enganam os filhos e maridos e têm comportamento ambíguo. Isso encanta as pessoas porque é elas são muito parecidas com todo mundo", afirma Maneco, que está escrevendo sua última Helena para Julia Lemmertz interpretar no folhetim "Em Família".

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.