Autor segura personagens e “Em Família” perde audiência; mais lido da semana


Em "Viver a Vida", o atraso na entrega dos roteiros culminou em gravações em cima da hora, dificuldade na edição e, para preencher os capítulos, o diretor Jayme Monjardim apostava em diversas sequências de paisagens, com música ao fundo, ou flashback de cenas inteiras. "Em Família" ainda não vive situação parecida, mas está perto disso.

Como disse, acompanho os talk shows, mas depois, ou bem depois, das conversas terem sido exibidas.

Sempre fui defensor de que, para se fazer novelas fora da Globo, tem que se achar uma identidade própria. Com a Manchete foi assim, suas novelas atraiam atenção justamente por serem diferentes, mais ousadas que as da Globo. Já o SBT desde o início procurou ser diferente da Globo exibindo e fazendo novelas inspiradas nas mexicanas, que também atraíram olhares e até hoje são uma marca do canal. A Record também marcou território com novelas diferentes como Os Mutantes, Vidas Opostas, Poder Paralelo, mas pelos desmandos da emissora suas tramas foram perdendo a força e agora querem focar em novelas bíblicas, o que ao meu ver é o caminho mais fácil, mas não o mais correto a se seguir.

Volta e meia algum jornalista publica que fulano ou sicrano está reclamando por gravações em cima da hora, atrasos de capítulo ou blá blá blá em Em Família.

"Meu Pedacinho De Chão": Ou um grande sucesso, ou um grande fracasso
A próxima novela das seis está sendo mais comentada que as produções em exibição. O motivo? As primeiras chamadas.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.