"Meu Pedacinho De Chão": Ou um grande sucesso, ou um grande fracasso; mais lido da semana


A próxima novela das seis está sendo mais comentada que as produções em exibição. O motivo? As primeiras chamadas.

Ao deixar a Band, Danilo Gentili despertou a “ira” da ex-emissora. O canal dos Saad percebeu que deixara escapar o seu então principal trunfo na programação. E partiu para a briga. Entre trocas de farpas, processos judiciais e a contratação de Rafinha Bastos para assumir o Agora É Tarde, a emissora só conseguiu alimentar a sensação de que começava uma rivalidade televisiva. Assim, a comparação entre o Agora É Tarde e o novo The Noite tornou-se inevitável, antes mesmo da estreia. Aos olhos do público e da crítica, os dois programas se tornaram concorrentes diretos, mesmo em dias em que não batem de frente.

Calma, não estou falando de audiência. Logo após a estreia, a coluna elogiou o desempenho de Rafinha Bastos, afirmando que ele estava muito bem à frente do “Agora é Tarde”. Essa observação foi possível em razão de o humorista estar tranquilo, cercado por profissionais reconhecidos, como Marcelo Mansfield, e ter em mãos um programa que já estava pronto.

A novela “Joia Rara” chega ao fim no próximo dia 04 de abril, após quase sete meses no ar. Escrita pela dupla Thelma Guedes e Duca Rachid, a produção tem um dos melhores elencos já escalados para um folhetim e, bem avaliada pela crítica, tem chances de, tal qual “Lado a Lado”, ser contemplada com um Emmy Internacional.

Tenho acompanhado os três programas: o do Jô, The Noite e Agora é Tarde. Absolutamente todos têm qualidades e merecem a audiência do telespectador.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.