“The Noite”, com Danilo Gentili, é a melhor estreia do SBT em anos


Desde 2013, o SBT vive uma fase de absoluta falta de criatividade. A programação é loteada por reprises e, não bastasse isso, a ‘grade voadora’ voltou a atacar como no passado. Somente nos últimos tempos, rodaram: “Carrossel”, “SBT Notícias”, “Caso Encerrado”, “Famoso Quem?”, “Eu, a Patroa e as Crianças” e até o “Chaves”, que não recuperou o público do canal mesmo com inéditos.

Uma luz ao final do túnel, no entanto, foi imaginada a partir da contratação de Danilo Gentili, em dezembro. Finalmente a emissora estava investindo em algo novo e diferente do mais do mesmo que andou apostando nos últimos tempos. Foi o assunto mais comentado da temporada, seja por conta da ansiedade da estreia ou os questionamentos relacionados a Gentili, se teria liberdade no SBT e coisas do tipo.

E o humorista já entrou em cena com o "The Noite" rindo de si mesmo, zombando Marcelo Mansfield que, segundo o talk show, está morando no Retiro dos Artistas com Marcos Oliver, e também sendo alvo de um argentino, que acabou acertando um tiro em Fábio Porchat — o poderoso da Band, Diego Guebel, é argentino, e ele saiu do canal brigado.

O humorista e Porchat  tiraram onda dos outros: risada deliciosa quando zombaram do ”Parafernalha” — Felipe Neto não deve ter achado graça. O global, aliás, também se fez alvo, ao rir das notícias a respeito de sua vida afetiva, seja com supostos envolvimentos com homens ou mulheres. Aparentemente, tira de letra.

Durante a conversa, Fábio Porchat deu detalhes sobre a primeira série produzida pelo “Porta dos Fundos”, semanal e com duração de 15 minutos, que abordará a Aids. Falou, ainda, sobre os filmes que irá fazer, as atrações do Multishow e… em momento algum tratou sobre a Globo, apenas quando citou suas passagens por “A Grande Família” ou “Zorra Total”.

A coluna acredita que não cabe comparação com o “Agora é Tarde”, agora sob o comando de Rafinha Bastos. Como dito aqui, Rafinha está muito bem na apresentação do antigo programa de Gentili. A comparação não é justa pois o apresentador do “The Noite” já tem bagagem no segmento e, não à toa, mostrou todo seu poder de fogo já no primeiro programa — dá, no entanto, pra afirmar que Gentili acertou muito mais, afinal, existe um abismo entre Porchat e Luan Santana, especialmente porque o segundo rendeu muito, muito pouco.

Em resumo, Rafinha ainda pode chegar lá, e tem potencial para isso, enquanto Danilo Gentili já é o apresentador de talk show mais ovacionado da TV nacional da atualidade, superando formatos batidos e que há anos são explorados por aqui. Na brincadeira, ele vai longe!

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

.