A salvação, por enquanto, não veio com "Geração Brasil"

 
Depois da mal sucedida em audiência Além do Horizonte, que fechou com menos de 20 pontos, ou seja, um número horroroso para o horário das 7, esperava que Geração Brasil iria de cara se estabilizar com mais de 25 pontos e levantar o horário. Ledo engano. A novela empacou e dificilmente passa dos 21 pontos.

Audiência na casa dos 30 como foi a de Cheias de Charme não esperava. Vai ser difícil uma novela das 7 chegar a este patamar nos dias atuais, mas 25 imaginei que serei possível já que considero um número bom para o horário. Assim como considero uns 23 ótimo para seis e 35 para às 21h. Mas, voltando à Geração Brasil, a trama está sem foco. Estão esquecendo disso ultimamente. Novela tem que ter alguém para odiar e alguém para torcer, ou um casal. Para odiar até temos a personagem da Renata da Sorrah, mas para torcer ainda não há um casal bem definido e o Jonas embora seja simpático não é uma figura tão popular. Talvez se ele fosse dono de um negócio mais conhecido como uma rede de televisão, de supermercados, algo mais próximo do público atrairia mais atenção. Mais isso não tem como mudar. O que se pode fazer é torná-lo maior que a Marra. Um outro ponto incomodo na novela é a citação excessiva da tecnologia. Podem estar certos de que muita gente fica boiando.

A novela é boa, tem potencial, basta aos autores deixarem a tecnologia como pano de fundo, focar melhor as histórias dos personagens para que a audiência cresça. Por hora, os índices são decepcionantes, mas como é só o começo a reversão desse quadro ruim de agora é bem provável que aconteça. Vamos aguardar, até porque tem a Copa que é imprevisível. Pode fazer muito bem ou muito mal aos índices da trama. Fico por aqui, um abraço a todos e até a próxima.

* Gilmar Moraes

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários :

  1. Se continuar do jeito que está, a globo está caminhando p/ algo inédito em toda sua história,conseguir que tres novelas seguidas sejam fracasso de audiencia.Ainda mais que vem a copa por aí,e não se sabe em qual horário a globo vai colocá-la,ou mesmo se vai interompê-la durante a copa.

    ResponderExcluir
  2. Oi Gilmar! Não acredito que estou lendo uma resenha negativa de "Geração Brasil". A novela está ótima! Como assim, Bial? Das três atuais que estão no ar, a das 7 é a melhor. Tenho impressão que "Meu Pedacinho de Chão" foi elaborada desse jeito para ganhar o Emmy ou qualquer outro prêmio internacional, é uma novela boa, mas tem cara de minissérie. "Em Família" se perdeu com a história e no desenvolvimento dos seus principais personagens. O Maneco jogou um pá de cal na novela. Uma pena.

    Mas, voltando a "Geração Brasil", acho um barato uma novela usar a tecnologia desse modo, como fio condutor de toda história. É uma novela que fala muito da nossa época, tanto em relação a Apple e ao Google, como potências tecnológicas. Os personagens são bem construídos, tem história e a abordagem da tecnologia é precisa, nem demais, nem de menos.

    A novela está no começo ainda, na fase de apresentação das personagens. Com o tempo, ela tem tudo para ser um sucesso. E outra coisa, se tem dia que o máximo que a Globo consegue pontuar é de 25 a 30 pontos no dia, como esperar mais do que isso na novela das 7? Todas as emissoras estão em queda de audiência. Novelas que fazem 30 pontos é uma conquista e tanto! O Share (número de TVs ligadas) está cada vez menor. O povo migrou para a internet e para TV Paga mesmo.

    Um forte abraço,

    www.cafecomnoticias.com

    ResponderExcluir

.