O humor vai salvar o SBT?



Nos últimos tempos, o SBT resolveu voltar a apostar em reprises. Diversas novelas foram reapresentadas na faixa da tarde e, inclusive, tramas como "Maria do Bairro" e "Marimar" voltaram ao ar poucos meses após terem seus desfechos veiculados. Além disso, o "Chaves", que nunca tem um longo período de descanso e, agora, a faixa "Quem Não Viu, Vai Ver".

Diferente da versão exibida no passado, o "Quem Não Viu" conseguiu uma atração que conquistasse índices expressivos para às 18h, que estava em queda livre já há alguns anos — a reprise de "Carrossel" e o "SBT Notícias" não tiveram vida longa por ali, assim como o importado "Caso Encerrado".

Mas o bom desempenho do "Ô Coitado" fez com que os demais programas perdessem espaço e culminou no retorno do "Meu Cunhado". Agora, como amplamente divulgado, a emissora está gravando pilotos do seriado que tem no elenco Gorete Milagres e Moacyr Franco.

Ao mesmo tempo, Carlos Alberto de Nóbrega desenvolve, juntamente com Tom Cavalcante, um sitcom sobre dois solteirões. Ou seja, quando parecia que o SBT tinha voltado seus olhares apenas para o público infanto-juvenil, após o sucesso de "Carrossel", "Chiquititas" e "Patrulha Salvadora", parece existir uma luz ao final do túnel.

Isso, sem contar o fato de o "The Noite" — talk show que tem o humor como mote — ter cativado os telespectadores e se posicionar com frequência na liderança, e "A Praça é Nossa", que também tem feito a alegria da emissora.

Em resumo, finalmente o SBT começa a deixar as reprises de lado e volta a investir em novos produtos. Os profissionais da área e os telespectadores agradecem, já que, para revirar o baú, temos o Viva, Netflix, Youtube e cia à disposição.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. Até que pode salvar,desde que seja um bom programa de humor.na minha opinião 'ô coitado' e a 'praça é nossa' não são.

    ResponderExcluir

.