Globo e a eterna mania de apagar o passado dos outros


Um detalhe chamou atenção durante a entrevista de Ana Paula Arósio exibida domingo, no Fantástico.

Enquanto tratava sobre a trajetória da atriz, o semanal disse que ela fez sucesso durante 12 anos, desde Hilda Furacão.

Como se ela não tivesse sido descoberta pelo SBT, da mesma forma que outra estrela global, Mariana Ximenez.

Fingir que os demais canais não existem, é comum na Globo, mas mentir, tem sido algo corriqueiro.

Basta lembrar que afirmaram que Chay Suede foi lançado em Império.

Pior: ele concordou.

É feio, ainda mais quando a Globo já não está mais tão distante das concorrentes...

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.