Patrícia Poeta nunca foi a melhor opção para o "Jornal Nacional"


Terminou ontem a curta passagem de Patrícia Poeta pelo Jornal Nacional. Durou três anos.

Existe todo um babafá em torno de sua saída, com diversos jornalistas especulando infinitas possibilidades para seu futuro profissional.

Tem até os que se usam de "segundo fontes afirmaram" para colocar postagens com opiniões próprias...

A questão, no final das contas, é: Patrícia é uma excelente jornalista, mas que tem mais cara de entretenimento que hard news.

Tanto é verdade, que ela combinava com o Fantástico. Não existiu rejeição após a saída de Glória Maria, enquanto muitos fizeram cara feia quando ela fora escolhida para o JN.

Mas, insisto no que já disse: Ana Paula Araújo desde sempre era minha favorita para o lugar de Fátima. E agora para o de Poeta.

Renata Vasconcelos está ótima no Fantástico e por mim permaneceria por ali.

Abritta poderia ser escolhida para uma próxima troca do Jornal da Globo...

E se for verdade essa história de que Poeta pode ter um matinal aos sábados, será uma boa sacada da Globo, diante da baixa dos infantis.

Mas isso não significa que "estaremos salvos" de Ana Furtado: com Boninho de volta ao Vídeo Show, meio que #significa

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.