Por audiência, Globo erra na escalação do "Luz, Câmera 50 Anos"


Não vi uma edição sequer do festival que a Globo colocou no ar para celebrar seus 50 anos.

A seleção de séries/minisséries que viraram telefilme foi muito equivocada.

A Teia? Força Tarefa? E as várias outras que acabaram de sair do ar?

Um atração como essa tinha que revirar o baú da emissora e apostar em clássicos. Valeria até mesmo A Muralha, que não é tão antiga mas é um dos melhores produtos do segmento.

Faltou um Memorial de Maria Moura, ou algo antigo mas que, pensando em audiência, tenha apelo popular como Dona Flor e Seus Dois Maridos ou Engraçadinha.

Mas, pensando que talvez o público não se interessasse por obras mais velhas, a emissora apostou em atrações muito recentes. Uma pena.

Acho que o número conquistado por As Noivas de Copacabana deixa isso bem claro...

Um festival como esse também deveria resgatar novelas que marcaram a história da platinada, como A Escrava Isaura!

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.