Aos 67 anos, Schwarzenegger volta com tudo e diverte como Exterminador



Que tal uma versão diferente para O Exterminador do Futuro? Sim, e se o Exterminador voltasse bonzinho e sem o desejo de matar Sarah Connor?

Bom, é mais ou menos isso que acontece em Gênesis, quando um novo T-800 destrói aquele que conhecemos em 1984 e vira o "Papi" de Sarah, mesmo com Kyle duvidando dele.

Aliás, um achado recriarem tudo e darem continuidade a algumas cenas menos exploradas na época. Sem direito a nudez desta vez. A propósito, no cinema, quando Schwarzenegger  surge fortão e novo na tela, não são poucos os que afirmaram se tratar de computação gráfica.

Lógico, ele não  é mais fortão como na época e nem jovem. Tanto que piadas sobre estar velho foram usadas com frequência. E muitos outros gracejos surgiram também por causa do jeitão do robô, logicamente sem sentimentos - e noção.

O melhor de tudo, não poderia deixar de ser, era o Exterminador sorrindo. Tirou boas risadas da plateia toda vez que fazia isso, especialmente quando foi preso e, no final, quando Kyle resolveu perguntar se ele sabia que aquilo era medonho.

Enfim, cheio de adrenalina, humor, um Schwarzenegger ainda apto a encarnar o Exterminador e sem que estragassem a série. São muitos os atrativos. E shows de efeitos especiais!

Será que ainda ouviremos "I´ll be back" outra vez?

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.