Notícia desmentida sobre A Fazenda expõe crise no jornalismo televisivo


Ontem, publicaram que Marcio Garcia havia acertado com a Record e iria apresentar A Fazenda no lugar de Britto Jr, que andou criticando a emissora e está meio que indo para a geladeira.

Mais que depressa um outro jornalista atualizou sua coluna e desmentiu a informação, dizendo que não houve acerto entre as partes e as negociações estão encerradas. E isso, cabe destacar, mesmo os dois sendo do mesmo portal.

Logo, o primeiro alterou sua nota afirmando que Garcia ainda não era anunciado por problemas jurídicos com Britto. Depois, mudou novamente a informação: a questão seria o salário oferecido pela Record e o que Marcio quer ganhar.

Bom, o mesmo jornalista disse ano passado que Rafinha Bastos era a última opção da Band para o Agora é Tarde e horas depois modificou a notícia destacando que ele havia sido escolhido pelo canal para o talk show.

Além de tudo isso, ainda tem os jornalistas chupins. Tem um que basta você jogar uma info dele no Google para concluir que ele mantém um caderninho onde anota tudo o que sai por aí e depois vai republicando como se fosse dele.

Tem uma outra que qualquer opinião que lhe dão gera um post, pois "uma fonte disse isso e aquilo".

Fora os jornalistas que vivem de release e ganham muito bem dos veículos para o qual trabalham e um outro, já citado, que dependendo da fase da Lua muda de opinião.

Em resumo, o jornalismo que cobre TV vive uma fase bem desanimadora. Está um salve-se quem puder e, por isso, é bom sempre desconfiar.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.