Bandas dos Quatro Cantos do Mundo estão no Showlivre.com na TV Cultura


Artistas dos quatro cantos do mundo trazem um ‘pout-pourri’' de música e cultura no terceiro episódio do Showlivre.com na TV Cultura, que será exibido neste sábado (22/8), às 23h. O canal de música pioneiro na internet, descobridor e responsável pela revelação e divulgação de talentos artísticos de vários estilos, agora multitela, apresenta algumas bandas com sotaques estrangeiros que fizeram sucesso nos seus estúdios e mereceram centenas de acessos e likes de seu público na internet.
Nesta edição, o público confere uma variedade de gêneros musicais para ninguém botar defeito, 

incluindo o vocal pop de primeira qualidade da Maïa Vidal, o suingue africano do Bukassa, o rock escandinavo do Bigbang, o “yoga do som” do alemão Prem Joshua, o estaduniedense CJ Ramone e até o grupo que vários especialistas consideram o maior vocal de todos os tempos, os norte-americanos The Platters, entre outros destaques. Música em língua portuguesa não fica de fora: tem também os brasileiros Emicida, Maquinarios, Sepultura e Los Porongas. Como define o próprio apresentador Clemente, “uma verdadeira Babel, que se estende na música”.

Quem abre o programa é a banda escocesa The Exploited, lenda do punk rock mundial formada em 1978, que incendiou os estúdios do Showlivre.com em 2013, na última das cinco visitas que fizeram ao Brasil. Kaki King, violinista, guitarrista e compositora norte-americana, que começou a carreira tocando no metrô de Nova York, é a segunda atração do programa. Incluída na lista dos Deuses da Guitarra da revista Rolling Stone, ela já esteve duas vezes nos estúdios do Showlivre.com, apresentando suas técnicas percussivas e múltiplas afinações na guitarra.

Dos Estados Unidos, o programa viaja para a África, onde nasceu o ator, coreógrafo e músico Bukassa Kabengele, que escolheu o Brasil como segunda pátria desde os seus 10 anos. Em 2014, o ex-membro do Skowa e Máfia, banda de funk e soul, pôs todo mundo para dançar nos estúdios do Showlivre.com com sua música que mistura ritmos africanos e brasileiros, cantada em swahili, chiluba e português. Até a Noruega, que já marcou presença no Showlivre, está no terceiro episódio na televisão: a Bigbang, importante não só na Escandinávia como em toda a Europa, vencedora de quatro prêmios Grammy, dá palhinha no terceiro episódio com o lançamento do disco The Oslo Bowl, mais um que traz seu som nitidamente influenciado pela música folclórica norueguesa.
A multi-instrumentista, compositora, produtora Maïa Vidal, norte-americana que vive entre Barcelona e Paris, e faz música difícil de ser enquadrada num único estilo, é destaque no programa. Além de transformar músicas da banda punk Rancid em valsas e canções de ninar, Maia toca acordeon e piano de brinquedo, resultando numa sonoridade delicada. Por falar em ícones da música, quem também toca – e ainda por cima é entrevistada - no programa é a banda The Platters, com seus 62 anos de história, mais de 100 milhões de discos vendidos e hits mais do que consagrados, como Only You e The Great Pretender. Embora a formação atual obviamente não seja a original, lançada pelo compositor Buck Ram em 1953, entre os entrevistados do Showlivre.com está B.J. Mitchel, que participa da banda desde os anos 60.

Outra entrevista trazida pelo programa é a reprodução da conversa com o Sepultura no República do Kazagastão, canal no Youtube comandado pelo Gastão Moreira. Vale também relembrar a entrevista de João Vicente Seno com CJ Ramone, último baixista dos Ramones entre 1989 e 1996 e atualmente em carreira solo, que defende que “o punk rock pode salvar o mundo”.

O lançamento em 2013 do aguardado álbum The Brightest Light, que reuniu novamente os criadores da banda inglesa de rock gótico The Mission – Wayne Hussey, Simon Hinkler e Craig Adams – gerou outro destaque do terceiro programa na TV Cultura. O líder da The Mission, Wayne Hussey, brilhou nos estúdios da Showlivre.com. Também da Inglaterra vem o clipe da música Gunga Din, da banda The Libertines. O telespectador confere ainda o sotaque português no inglês cantado pela banda The Gift, originária de lá da “terrinha”, ora, pois! A banda que tocou no Rock in Rio de 2011 e 2013, embora cante em inglês, é considerada uma das maiores de pop rock de Portugal.

E como o coração do Showlivre.com é brasileiro, sob os holofotes do quadro Estúdio do Coração está a banda acreana Los Porongas, criada em 2003 e cujo álbum de 2007 foi eleito como um dos melhores brasileiros pela Rolling Stone. No Buzz, porta de entrada para os artistas no começo da carreira, apresentação da banda Limbo, dirigida por Macelo Villanova, mas cantando em inglês. Entre os clipes, destaques para os da música Boa Esperança, do Emicida, e Um Grito na Noite, da banda de hard rock Maquinários - ambas cantadas em português, mas em clipes de “nível internacional”, segundo os apresentadores.

Fazendo jus à proposta de Babel da música, o programa apresenta também show do alemão Prem Joshua, que adotou a Índia como pátria e que mistura o Oriente e Ocidente em sua música, um verdadeiro “yoga do som”.


Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.