Globo finalmente acerta com Criança Esperança, mas é um pecado resumir Renato Aragão



Depois de muitos, muitos anos, a Globo finalmente colocou um Criança Esperança que deu gosto assistir. Estava bem caprichado, animado.

Os apresentadores mandaram bem, e os atores se cantando, apesar das muitas desafinações, mandaram bem. O que vale é a intenção, apesar de alguns deles terem bandas... ?!

Mas o pecado segue relacionado a Renato Aragão. As pessoas podem gostar ou não dele, mas se o Teleton é a cara de Silvio Santos e Hebe Camargo, o Criança Esperança é do Renato, do Dedé Santana, dos Trapalhões.

Os mais velhos sabem do que estou dizendo. Era uma alegria ver a trupe no palco do programa beneficente com Xuxa e os demais artistas que se apresentavam. Era uma grande brincadeira, um evento mais que esperado. Ia até 1h da manhã ou mais.

Agora resumiram a duração do programa, e resumem Renato. Sim, uma bela homenagem feita pelo grande, espetacular e incrível - e muitos outros elogios, pois sou muito fã dele - Tony Ramos. Mas Aragão merecia mais.

É uma pena o que as TVs fazem com seus artistas quando chegam em certa idade. Hebe precisou sair do SBT para continuar sendo Hebe. Xuxa deixou a Globo para continuar sendo Xuxa.

E o Renato permanece na Globo, que deve estar esperando sua partida para lhe dar espaço. Aí o canal lota a grade com reprises. Não é isso que o Vídeo Show faz com Chico Anyiso? Uma pena.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. quem disse que hebe teve que sair do sbt para continuar sendo hebe?ele afundou a sua carreira e estava infeliz na redetv!
    tanto que seu estado emocional influenciou no seu problema de saude.

    ResponderExcluir

.