Imperdível: Benedito Ruy Barbosa é o Persona Em Foco



O dramaturgo, jornalista e publicitário Benedito Ruy Barbosa é o convidado do próximo Persona em Foco, que será exibido nesta terça-feira (4/8), às 23h30, na TV Cultura.

Nesta edição, que tem como entrevistadores os jornalistas e membros da  APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) Cristina Padiglione e José Armando Vannucci, Benedito conta passagens de seus 86 anos de vida e 56 de carreira. Nestes, contabiliza 62 trabalhos de dramaturgia que fizeram sucesso na televisão, cinema e teatro.

Das mais de 34 novelas que criou e que fazem parte da história da televisão brasileira, o dramaturgo lembra de Meu Pedacinho de Chão, O Rei do Gado, Cabloca, Terra Nostra, Renascer, Pantanal, Os Imigrantes, Simplesmente Maria, Almas de Ouro e Morro dos Ventos Uivantes.

No programa  ele conta  como começou na carreira, quando chegou a São Paulo, aos 17anos, para estudar e logo foi contratado como revisor do jornal Estado S. Paulo. E por causa de um artigo que escreveu – Vale a pena Viver – foi convidado para trabalhar no Última Hora. Nesta redação, teve como companheiros grandes nomes do jornalismo como Samuel Wainer, Joelmir Betting, Clóvis Rossi, além de Nelson Rodrigues, do qual ele lembra: “Ele escrevia A Vida Como Ela É. Eu lia e dizia `esse cara é louco´. Mas quando saia a publicação, era o jornal que mais vendia”.

Benedito explica como passou de repórter para dramaturgo com a peça Fogo Frio, que foi montada no teatro de Arena por Augusto Boal. “Nós ficamos dois anos em primeiro lugar na bolsa da Folha [Folha de S. Paulo]”. Ele conta que tornou-se escritor de novela quando trabalhava em agência de publicidade e, de editor de scripit, transformou-se em autor escrevendo Somos Todos Irmãos, uma adaptação de A Vingança do Judeu, de J.W. Rochester. “Foi um grande sucesso”.


Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.