Os Dez Mandamentos: Primeira praga transforma as águas límpidas do Rio Nilo em sangue



Escolhido por Deus para libertar os hebreus da escravidão, Moisés (Guilherme Winter) retornou ao Egito e tentou diversas vezes conseguir a autorização de Ramsés (Sérgio Marone) para guiar o povo ao deserto, com o propósito de que todos prestassem culto a Deus durante três dias. Irredutível, o faraó se negou a permitir que os escravos deixassem as obras para orarem por uma divindade que não crê.

Em um novo encontro com Deus, Moisés recebe a ordem de encontrar Ramsés à beira do Rio Nilo, na companhia de Arão (Petrônio Gontijo). A sós, o rei desdenha mais uma vez do poder divino e avisa que os hebreus não irão para lugar nenhum.  Então, Moisés ordena que o irmão toque o cajado na superfície do Nilo e, aos poucos, ás aguas do rio transformam-se em sangue, deixando Ramsés incrédulo.

A praga fará com que o Egito fique dias sem água, transformando o reino em um verdadeiro caos.  Ao mesmo tempo, a fonte da vila dos hebreus continuará intacta, sem mudanças na água, para que todos tenham certeza da proteção de Deus sobre o povo. A situação trará graves consequências para os egípcios, já que todos terão apenas vinho e suco como opções para se livrarem da sede, além de não poderem tomar banho. Infelizmente, muitos deles não resistem à falta de água e morrem.

As sequências da primeira praga estão previstas para começarem no capítulo desta segunda-feira, dia 31 de agosto, às 20:30hs.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. Tô achando que a Record vai colocar essa novelinha, pra enfrentar a nova novela da Globo, pra ver com os mosquitos consiga a sonhada liderança!

    ResponderExcluir

.