Showlivre.com traz o Manguebeat em seu segundo episódio na TV Cultura


Neste sábado, 15 de agosto, vai ao ar às 23h, na TV Cultura, o segundo episódio do programa Showlive.com. Nessa semana, a atração aborda algumas importantes expressões artísticas surgidas a partir do Manguebeat, movimento contracultura surgido no Brasil na década de 90, que mistura ritmos regionais, como o maracatu, com rock, hip hop, funk rock e música eletrônica, focado na crítica do abandono econômico-social do mangue e da desigualdade no Nordeste - e que influenciou e ainda deixa sua marca em muitas bandas brasileiras atuais.

O programa começa com uma prévia da apresentação nos estúdios Showlivre.com do Telemática, o último disco do músico China, que surgiu no cenário musical com a banda Sheik Tosado, em Olinda, em 1996, na efervescência do Manguebeat. Misturando maracatu com rock e frevo, tinham pegada mais hardcore. Na sequência, destaque para a visita do apresentador Clemente à Ocupação Chico Science no Itaú Cultural, promovida em 2010 em homenagem ao fundador e maior expressão do Manguebeat, líder da banda Nação Zumbi. Então, de quebra, o programa traz uma apresentação da Nação Zumbi, direto do baú, que figura no quadro “Classic”, montado com shows gravados há alguns anos nos estúdios do Showlivre.com.

Chico Science e Nação Zumbi remetem a Fred 04, vocalista do Mundo Livre S/A, que escreveu o primeiro manifesto do Mangue, intitulado “Caranguejos com Cérebro” – cuja apresentação de 2007 no estúdio Showlivre está no quadro Classic desse segundo programa. Estará no ar nesse sábado ainda a Ozome, banda mineira altamente influenciada pelo Manguebeat, mas que mistura música erudita, heavy metal e o som da própria Nação Zumbi.

E ainda haverá o som da segunda geração do Manguebeat, que criou seu próprio estilo, porém influenciada pelo movimento: Eddie, banda formada em Olinda; Bomsucesso Samba Clube; Maquinado (do Lúcio Maio, que também toca na Nação Zumbi); Mombojó; Devotos (que discute temas sociais em suas letras, como fazia Chico Science) e o Café Preto (projeto do Cannibal, vocalista do Devotos, inspirado no modelo de Sound System da Jamaica)

Quem mistura ritmos - mas não necessariamente descende do Manguebeat – também terá sua vez nesse segundo episódio do Showlivre.com. Destaque para a paulista Dona Zaíra, banda que ultrapassou etapas na última temporada do programa global SuperStar por sua performance interessante na mescla de forró com samba, choro, maracatu, jazz e moda de viola.  A paraense Gang do Eletro, que combina dance europeu, cumbia, carimbó, reggaeton e tecnobrega, com seu segundo disco Todo Mundo Tá Tremendo, também está no programa do dia 15 de agosto.

 A música pernambucana, conterrânea do Manguebeat, mesmo que não diretamente influenciada pelo movimento, está representada pela apresentação de Lirinha, agora Lira, ex-vocalista da banda Cordel do Fogo Encantado. Formada em Arcoverde, a banda ganhou projeção internacional, mas se desfez três anos depois em 2010. Outro fundador da Cordel que se apresenta no segundo programa Showlivre.com na TV Cultura é Clayton Barros e seu novo grupo Os Sertões, com seu som bastante urbano, contrariando o nome.

Para os amantes do rock, alentos importantes nessa segunda vez na televisão aberta: Carro Bomba, classificado mais exatamente como “trash´n’roll”. Quem quiser aprender a tocar uma, terá a aula de Jair de Oliveira sobre os acordes do sucesso Tiro Onda. O percussionista Edder, “O Rocha”, explicará a mistura de instrumentos percussivos que podem até interpretar vozes no maracatu. E o folk de Benjamin, em voz e violão, que rendeu bela apresentação no estúdio do Showlivre.com, também embala o programa.

Os apresentadores Clemente e João Vicente aproveitarão para remeter o telespectador para o Instagram do Showlivre.com, onde está registrada a passagem da banda Bonsucesso Samba Clube pelos estúdios do canal. Para as novas bandas, um bom espaço para divulgar seu trabalho é anunciado: o Showlivre Buzz, porta de entrada para artistas que ficam no radar da redação, além de ganharem um perfil que os permite organizar todo o conteúdo musical. Vale conferir ainda o clipe da rapper carioca MC Yasmim Medina.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.