Com a Regra do Jogo, Globo vê que algumas coisas têm preço e deixa de colocar as cartas na mesa



Lembram o que aconteceu quando o SBT fez uso da famosa grade voadora, no início dos anos 2000, e espantou o público?

Foi quando a Record cresceu. Mas, desesperada por ser líder a qualquer preço, seguiu os rumos do SBT, mudava a grade a qualquer instante e, além disso, era movida a tiro, porrada e bomba.

Também caiu. Os dois canais voltaram a ter alta agora, e, atualmente, disputam ponto a ponto a vice-liderança.

Mas e a Globo? Ora, estrearam uma novela e, com medo de Os Dez Mandamentos, empurraram a história para às 22h.

O público já estava descontente com Babilônia e a emissora resolve fazer um samba do crioulo doido em sua grade, com a história se iniciando às 21h apenas em dias de jogos.

O preço, que um dia foi pago por SBT e Record, agora atingiu a Globo. A Regra do Jogo pode ser a melhor história dos últimos tempos, mas foi prejudicada pela Globo que, ao invés de cativar os telespectadores, achou melhor que eles se mudassem para a Record e continuassem vendo Mandamentos.

Agora, veja que curioso: a novela se chama A Regra, mas quem está botando as cartas na mesa? É, dona Globo, tempos um "fatality". Aliás, ontem Mandamentos voltou a vencer o Jornal Nacional e A Regra do Jogo, com índice histórico.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.