A Regra do Jogo às claras



João Emanuel Carneiro pecou ao não explicar sua trama central desde o início. A novela estava confusa e difícil de acompanhar, no entanto, após alguns esclarecimentos a trama já está mais digerível e interessante. O mistério faz parte da teledramaturgia, mas este não pode ultrapassar certos limites. Ele pode existir desde que não atrapalhe o entendimento da novela. E era o que vinha acontecendo e foi corrigido.

A trama central começou a ficar mais clara quando o autor revelou quem realmente é Zé Maria e qual a importância da Toia para a história. Ainda não há pra quem torcer, um grave erro, mas a história, pelo menos, está mais instigante. Não sabemos quem é o chefe da facção, mas eis um mistério que não prejudica a novela, pelo contrário, faz com que o público fique curioso para saber de quem se trata.

Se a novela irá reagir em termos de audiência não sei, mas só sei que esses ajustes que foram feitos contribuíram e muito para melhorar  A regra do jogo, tornando-a uma novela, embora densa, mais agradável para quem assiste. Mas nem tudo são flores: das tramas paralelas eu falo no próximo texto. Um abraço e até a próxima.

* por Gilmar Moraes

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.