Quem fez sentir em 2015



Não me sinto apto a fazer uma análise dos melhores de 2015. Este foi um ano em que "abandonei" a TV. Não vejo mais novelas e estou cada vez mais interessado em on demand.

Mas, do que vi, algumas coisas merecem ser citadas, como o fato de Othon Bastos finalmente ter tido um personagem à sua altura em Império. Em relação às atrizes, teve outro show de Adriana Garambone novamente como vilã, em Mandamentos. E Cássia Kis? Sempre um espetáculo.

Falando em Mandamentos, a novela teve muitos problemas, com autora fraca, diretor ausente e atores crus, mas teve show de efeitos especiais, apesar de alguns amadores, e parte do elenco fazendo diferença. No geral, foi grande trabalho da Record.

Apresentadora? O ano foi de duas: Monica Iozzi, que salvou o Vídeo Show - não no quesito audiência, porque nisso ainda patina - e Fátima Bernardes, cada vez mais arrasando no entretenimento.

No campo das séries nacionais, Pé na Cova segue imperdível. Eu tenho para mim que é o melhor trabalho de dramaturgia de Miguel Falabella, redondo e sem barriga, diferente do que aconteceu com Toma Lá, Dá Cá. E ainda tem Marília Pêra, arrebentando e deixando saudade.

O MasterChef continuou imperdível, nas duas versões. A mirim, foi extremamente fofa. Jurados e Ana Paula Padrão deram conta do recado.

Persona em Foco e Ofício em Cena fizeram diferença ao abrirem espaço para quem tem o que dizer. E ensinar.

E como não citar a nova Escolinha, com trabalhos impecáveis como os de Dani Calabresa, praticamente a própria Zilda Cardoso? Pena, repito, terem esperado Chico Anysio morrer para "homenageá-lo". Típico da Globo.

E O Grande Plano do Fantástico? Certamente, o acerto do semanal no campo do entretenimento. O trio divertiu nos finais de noite.

Na TV paga, a boa novidade foi o Calada Noite. Bem acabado e com trilha impecável.

No geral, a TV viveu uma crise similar a do Brasil. Talvez por isso o serviço on demand atrai cada vez mais adeptos...

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.