Depois de quatro novelas, Iris Abravanel passa o bastão



Desde janeiro de 2012 as adaptações de Íris Abravanel ocupam com sucesso a faixa das 8:30 da noite do SBT. Começou com Corações Feridos, que não chegou a ser um sucesso, mas foi tirada da gaveta e serviu como uma boa ponte esquentando o horário para as novelas infantis que começariam a ser exibidas a partir de Carrossel em maio do mesmo ano. Em seguida veio Chiquititas e logo após Cúmplices de um resgate, que está no ar atualmente.

É inegável que a esposa de Silvio Santos e sua equipe se saíram bem nas adaptações, mas sempre questionei o fato de não haver um revezamento, o fato dela adaptar uma novela após a outra. Considero saudável o revezamento com pelo menos mais uma equipe de autores e é o que vai acontecer. Íris passou o bastão para Leonor Corrêa, que tem no currículo a direção de vários programas, e que agora estreia como a autora de novelas sob a supervisão da primeira dama do SBT. O remake de Carinha de anjo que será exibido este ano substituindo Cúmplices de um resgate já ficará a cargo de Leonor.

Não sei o que levou Íris Abravanel a este revezamento, mas torço para que de agora em diante siga assim: ela adapte uma e a Leonor outra. Para um horário de novelas que o SBT tem no momento já estará de bom tamanho. Demorou mas veio em boa hora o revezamento. Agora é aguardar para ver como se sairá a equipe de Leonor Corrêa na adaptação, mas creio que não haverá muitos problemas já que Carinha de anjo é uma novela que não carece de muitas mudanças em seu texto. Fico por aqui, um abraço a todos e até a próxima.

* por Gilmar Moraes

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.