Globo estreia estúdio no coração dos Jogos Olímpicos neste domingo

Neste domingo, dia 31, a Globo dá início à maior cobertura da história da emissora com a inauguração do Estúdio Olímpico, que será a casa da Globo e o camarote do público para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Um espaço tecnológico, interativo e estrategicamente localizado no coração do Parque Olímpico, com uma visão privilegiada de todas as arenas. Em uma área de 500m2, o estúdio tem três andares: no térreo, haverá um espaço de relacionamento com atividades interativas para convidados; no primeiro andar, estará o SporTV; e no segundo, a Globo.

O ‘Esporte Espetacular’ abre a manhã direto do Parque com matérias especiais sobre o maior evento esportivo do mundo. Alex Escobar e Glenda Kozlowski recebem, ao vivo, Tiago Splitter, jogador da NBA que não vai poder defender o Brasil nos Jogos Olímpicos porque está lesionado. Mas Splitter não ficará fora da olimpíada. Ele vai comentar os jogos de basquete ao lado de Hortência nas transmissões da Globo. Outros integrantes do Time de Ouro também participam do ‘Esporte Espetacular’ e mostram as funcionalidades das novas mesas táticas, que invadiram os esportes olímpicos. Há versões para o vôlei, basquete, handebol, vôlei de praia e até para a natação.

Reportagens trazem histórias incríveis que relembram grandes momentos de outras edições dos jogos. Uma das imagens mais famosas da história certamente é a da suíça Gabriele Andersen. Nos Jogos de Los Angeles/1984, ela participou da primeira maratona feminina de uma olimpíada. Ficou famosa ao percorrer os últimos metros da maratona em completa exaustão. O corpo aqueceu demais, ela ficou desidratada, não conseguia controlar os movimentos. Cruzou a linha de chegada torta, exausta, mas completou a prova. Recusou-se a desistir. Gabriele tinha 39 anos, sabia que não teria outra oportunidade de disputar uma olimpíada. O programa a leva de volta ao Estádio Olímpico de Los Angeles para lembrar a história, onde tudo aconteceu 32 anos depois. O repórter Kiko Menezes acompanha a ex-atleta, que hoje tem 71 anos e vive em Sun Valley, nos Estados Unidos. Mantém uma vida ativa e pratica vários esportes: natação, mountain bike, cross country, esqui e faz trilhas. Ainda cuida da casa, do jardim e de dois gatos.

Uma aventura de Clayton Conservani com o ex-jogador de vôlei de praia e campeão olímpico Emanuel rende mensagem emocionante aos atletas brasileiros. “Fomos escalar o Monte Olimpo, morada dos 12 Deuses do Olimpo. É o ponto mais alto da Grécia, com 2.917 metros de altitude”, conta Clayton ao lado de Emanuel, integrante do Time de Ouro da Globo. No berço dos Jogos Olímpicos, o repórter e o comentarista cumprem uma missão difícil. “Ele nunca tinha escalado antes, mas topou se arriscar. Três dias de trilhas e abismos até o topo do Monte Olimpo levando a tocha que foi erguida no lugar mais alto da Grécia”.

À noite, é a vez de Tadeu Schmidt e Poliana Abritta vestirem o uniforme olímpico no ‘Fantástico’. A dupla recebe convidados no estúdio do Parque e convida o público para uma verdadeira viagem olímpica, desvendando o que acontece nos bastidores do maior evento esportivo do mundo. Glória Maria mostra os ensaios da Cerimônia de Abertura no Maracanã e fala dos ajustes finais para a grande festa do dia 5 de agosto. O programa acompanha a chegada dos grande ídolos mundiais ao Rio de Janeiro, repórteres passeiam pelas principais arenas e contam histórias incríveis, como a da seleção do Iraque, adversária do Brasil na primeira fase do futebol masculino. Mesmo perseguidos pelo Estado Islâmico, os jogadores não abandonaram o esporte e vieram em busca do sonho olímpico.

A partir de segunda-feira, dia 01º de agosto, todos os telejornais nacionais também serão apresentados do Estúdio Olímpico: ‘Bom Dia Brasil’, ‘Globo Esporte’, ‘Jornal Hoje’, ‘Jornal Nacional’ e ‘Jornal da Globo’. Na quarta-feira, dia 03, a Globo realiza a primeira transmissão olímpica. Galvão Bueno receberá convidados no Estúdio para acompanhar a estreia da seleção feminina de futebol contra a China. O mesmo acontece na quinta, 4, para o jogo da Seleção Brasileira contra a África do Sul.

A partir de sábado, dia 06, o Estúdio Olímpico fica no ar durante todo o dia, costurando as transmissões simultâneas dos Jogos. Fernanda Gentil e Alex Escobar se revezam como mestres de cerimônia do estúdio e levam a conversa do público para dentro da transmissão: um grande telão mostrará, ao vivo, a interação do público – de anônimos, atletas ou personalidades – através das redes sociais, com a ativação da #SomosTodosOlímpicos.

Futebol e Fórmula 1

Neste sábado, dia 30, a seleção brasileira olímpica faz seu último amistoso antes da estreia nos Jogos. O time enfrenta o Japão às 16h30 no estádio Serra Dourada, em Goiânia. A Globo mostra a partida com narração de Galvão Bueno, comentários de Walter Casagrande e Arnaldo Cézar Coelho, e reportagem de Mauro Naves e Eric Faria.

No domingo de manhã, os motores roncam no Grande Prêmio de Fórmula 1 da Alemanha. Luis Roberto comanda a transmissão da corrida, com análises técnicas de Reginaldo Leme e Luciano Burti. Mariana Becker é a repórter na pista de Hockenheim. À tarde, Coritiba e Flamengo jogam pelo Campeonato Brasileiro. Alex Escobar, Junior e Arnaldo Cézar Coelho formam o trio da transmissão. Para São Paulo, a Globo exibe a partida entre Internacional e Corinthians, direto do Beira Rio. Cleber Machado é o narrador e Caio Ribeiro e Paulo César Oliveira, os comentaristas.

No sábado, dia 30, o amistoso da seleção brasileira olímpica vai ao ar às 16h30. Excepcionalmente neste dia, não haverá exibição de ‘Sessão Comédia’. No domingo, dia 31, a Fórmula 1 entra depois do ‘Auto Esporte’ e, em seguida, o ‘Esporte Espetacular’. À tarde, após a ‘Temperatura Máxima’, vem o Brasileirão e à noite o ‘Fantástico’, depois do ‘Domingão do Faustão’.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.