Globo Repórter explora a Islândia, a terra do gelo e do fogo

O ‘Globo Repórter’ desta sexta-feira, dia 22, leva o público para um lugar mágico. País nórdico, situado no oceano Atlântico entre a Europa Continental e a Groenlândia, a Islândia tem uma grande atividade vulcânica que afeta muito a sua paisagem. O correspondente Felipe Santana monta uma casa sobre rodas e atravessa o país das surpresas, onde à meia-noite o sol ainda brilha.

As paisagens parecem uma obra de arte e não cansa os olhos. Com uma população de apenas 320 mil habitantes em uma área de 103 mil km2, a Islândia tem verões frescos e curtos e invernos com temperaturas que não descem abaixo dos 3°C negativos. Felipe e a equipe do programa entram na maior caverna de gelo já feita pelo homem e encontram uma capela. O repórter caminha sobre o vulcão que lançou fumaça a quilômetros de altura e ainda passeia em geleiras sem fim, quando se vê numa cratera capaz de esconder o céu.

No espetáculo dos Geiseres, jatos de vapor chegam a 25 metros de altura e saem fervendo dos subterrâneos. Um passeio de destaque foi o mergulho na rachadura que divide o planeta: de um lado a Europa, do outro a América. Na viagem, eles ainda encontram a cidade dos telhados coloridos e visitam a praia aquecida, já que na terra do frio, ninguém perde um raio de sol. A Islândia ainda guarda curiosidades como o melhor cachorro quente do mundo e a belíssima catedral que imita a natureza.

O ‘Globo Repórter’ vai ao ar nesta sexta-feira, dia 22, depois de ‘Velho Chico’.


Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.