MC Guimê mostra seu lado conservador durante participação no Ritmo Brasil


 
No programa Ritmo Brasil deste sábado (27), MC Guimê mostra que, apesar de parecer descolado, também tem um lado conservador. Durante bate-papo com Faa Morena, o funkeiro revela detalhes do anel de R$ 16 mil que deu para Lexa, diz que pretende casar na igreja e revela que não aceitaria ver sua noiva beijando outros homens - mesmo como atriz.
 
Apesar de afirmar que confia em Lexa, Guimê reconhece: "Eu sou ciumento. Costumo dizer que a gente tem que cuidar, né", contou. Ao ser questionado sobre o boato de que teria proibido a cantora de beijar nas gravações de seus clipes, o artista admite: "Essa história aí de beijo técnico não existe pra mim".
 
A apresentadora questiona quando ele pretende casar com a cantora Lexa, e ele afirma: "Acredito eu que no máximo em dois anos. A gente quer casar logo, eu tenho muita vontade e ela também. Então esse é um sonho que eu também quero que se torne realidade", disse.
 
Faa Morena questiona o cantor sobre o episódio em que a polícia o pegou com maconha após show em Minas Gerais e ele se defende. "Eu saí de um show e teve uma denúncia. A polícia me parou e fez o trabalho dela, mas achei desnecessário, já que tem tanto bandido por aí atrasando trabalhador, pegando gente, estuprando e eu não estava fazendo mal a ninguém, só estava indo trabalhar", desabafa. "Foi um caso desagradável, mas todo mundo na rua está sujeito a isso".
 
MC Guimê fala também sobre sua carreira na música e a importância que sua família tem em seu sucesso. "[Minha família] é a minha base. Foi o que me trouxe até aqui e me fez ser o que eu sou hoje", afirma.
 

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.