Minissérie Justiça - Vânia, carência à flor da pele



Antenor (Antonio Calloni) não percebe que Vânia (Drica Moraes) vive com os sentimentos à flor da pele. Os dois não são casados há muito tempo, tanto é que ela não sabe muito bem como o marido enriqueceu e se tornou um forte candidato a governador do Estado em menos de sete anos.

Frustrada e sem amor, ela tem uma alegria melancólica regada a álcool e embalada por Chico Buarque – ‘O que será?’ é sua música preferida. Ela gosta de cantarolar pela casa, lembrando dos tempos de palco, antes de trocar a carreira artística pelo casamento com Antenor. Já perdeu a conta de quantos papéis assinou sem ler e finge não se importar quando o marido paga as contas da casa com o dinheiro de uma ONG de fachada. Mas com o desprezo de Antenor ela não consegue se acostumar.

A carência leva a candidata a primeira-dama a um relacionamento com Maurício (Cauã Reymond). A aproximação do ex-contador, entretanto, tem a ver com um plano contra o político corrupto. Em 2009, quando fugia com malas de dinheiro, Antenor atropelou Beatriz (Marjorie Estiano), a mulher de Maurício, deixando-a tetraplégica. Maurício cedeu ao apelo dela por uma eutanásia e acabou preso por assassinato, uma vez que o procedimento é proibido no país. Sete anos depois, em 2016, ele sai da prisão disposto a destruir Antenor que, há anos impune, acumula dinheiro e poder. Vânia é, portanto, um caminho para se atingir esse objetivo.

Vânia, Antenor e Maurício estão no centro de uma das quatro tramas que compõem o enredo eletrizante de ‘Justiça’. Apresentada de segunda a sexta, com exceção das quartas, a minissérie acompanha a vida de personagens que foram condenados por motivos diferentes, mas têm trajetórias interligadas por um roteiro que leva a situações-limite nas quais os sentimentos mais humanos são revelados de maneira visceral.

Com estreia em 22 de agosto, ‘Justiça’ é uma minissérie de 20 capítulos escrita por Manuela Dias, com a colaboração de Mariana Mesquita, Lucas Paraizo e Roberto Vitorino. A direção artística é de José Luiz Villamarim, e a direção é de Luisa Lima, Walter Carvalho, Isabella Teixeira e Marcus Figueiredo.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.