Novela A Lei do Amor: O amor em seu sentido mais amplo



Sentimento que extrapola as definições verbais, o amor é uma palavra de múltiplos significados. Mas a essência e a força deste sentimento é uma lei definitiva que movimenta a humanidade. “É este o sentimento que determina e define o tom e a essência da nossa história”, conceitua a autora Maria Adelaide Amaral, que assina “A Lei do Amor” com Vincent Villari. A próxima novela das nove, com estreia prevista para outubro, tem direção artística de Denise Saraceni.

A trama

O amor pode ser ainda arrebatador, resistir ao tempo, aos descompassos da vida e às armadilhas da inveja e do poder. Assim é o sentimento de Pedro (Chay Suede/ Reynaldo Gianecchini) e Helô (Isabelle Drummond/ Claudia Abreu), que tem a simplicidade de algo genuíno e a força incessante para selar um destino.

Pedro é filho de um rico e ambicioso empresário do ramo da tecelagem, Fausto Leitão (Tarcísio Meira), e Helô é uma menina que luta para sustentar a mãe que sofre com uma doença terminal e o pai, Jorge (Daniel Ribeiro), alcoólatra e desempregado. O acaso permite que os dois se cruzem, mas é o amor que surge entre eles que determina esta história. 

Pedro e Helô tinham tudo para permanecer em lados opostos, afinal foi o pai dele que demitiu Jorge, o que marcou a vida da jovem para sempre. Em uma atitude desesperada, Jorge tenta assaltar a tecelagem, é preso,  e acaba morrendo num motim dentro da penitenciária. Apesar do amor por Pedro, Helô não perdoa Fausto por não ter retirado a queixa contra seu pai. Em seu coração, o ódio e o amor convivem em desacerto.

Certa de que Helô pretende se vingar de sua família através de Pedro, Magnólia (Vera Holtz), esposa de Fausto, passa a armar situações para afastar a jovem do enteado. E não sossega até conseguir. Mulher de várias facetas, forte, autoritária, mas vista como uma santa pelos moradores da fictícia São Dimas, ela tem a convicção de que é preciso manter a família unida e próspera. O rompimento acaba afastando Pedro da cidade e ele passa a viver sozinho em seu veleiro, fora do Brasil.

Vinte anos depois, Pedro volta para sua cidade natal a pedido de seu pai. Fausto quer lhe revelar um grande segredo no dia de sua festa de aniversário. O que representa também uma oportunidade de rever Helô, que está casada, mãe de dois filhos, e não tem ideia das armações que a separaram de seu grande amor.

Nestas duas décadas, Fausto chegou ao topo, mas, nesse exato momento, ele não se orgulha de sua trajetória. Fraudou, foi corrompido e corrompeu. Está esgotado e disposto a jogar tudo para o alto. Quer recomeçar, mas a teia política em que se meteu é muito mais sórdida do que ele próprio poderia imaginar. Um jogo perigoso culmina em um atentado que o silencia. Ou, pelo menos, tenta silenciá-lo. Os inimigos de Fausto são muitos. Vários têm motivos de sobra para encomendar sua morte. Mais uma vez, o amor aparece como protagonista desta história, com o poder de transformar o caráter deste homem. “Pedro precisa não apenas resgatar o amor da mulher que ele perdeu, mas precisa também salvar sua família e a cidade que, de certa forma, se tornou refém dos atos ilícitos e de má fé cometidos justamente pelo seu pai. É uma história sobre a salvação pelo amor”, completa Vincent Villari.


 “A Lei do Amor” tem ainda no elenco Claudia Raia, José Mayer, Thiago Lacerda, Camila Morgado, Grazi Massafera, Denise Fraga, Tuca Andrada, Humberto Carrão, Ana Rosa, Mila Moreira, Otavio Augusto, Isabella Santoni, Alice Wegmann, Maria Flor, Pierre Baitelli, Ricardo Tozzi, Regiane Alves, Heloísa Perissé, Emanuelle Araújo, Danilo Granghéia, entre outros.

A próxima novela das nove, de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, com direção artística de Denise Saraceni, tem estreia prevista para outubro.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.