Justiça: Um quebra-cabeça que embola... a cabeça



Um um dos primeiros capítulos de Justiça, me senti perdido. Eu tinha visto todos os episódios até ali, mas não entendia o que acontecia, pois parecia que eu não estava em dia.

Acho que era com a Maiara. Apareceu a personagem dando a joia para a mãe num dia, machucada. E somente depois, no núcleo do Maurício, ela surgiu apanhando. Algo assim.

Em seguida, fui entendendo que cenas se repetiam, em ângulos diferentes, conforme os núcleos iam interagindo.

Mas o problema, no caso, está no fato de ver sequências como essa que realmente confundem. Você sente que perdeu algo, quando não perdeu. Parece final de novela, quando finalmente a cena de quem matou o personagem x é transmitida.

Enfim, um quebra-cabeça. E uma ideia muito boa, que não me lembro de ter visto sendo explorada na televisão aberta brasileira.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. Vou sentir falta de todas as tramas e personagens.. Em tão pouco tempo foi tão envolvente quanto uma novela.

    ResponderExcluir

.