Resumo de Escrava Mãe - Capítulos de 26 a 30 de setembro



Capítulo 84 – Segunda-feira, dia 26 de setembro (S.73)
Juliana está apavorada diante de Maria Isabel e pede que não a machuque. Maria Isabel sente dor e coloca a mão na barriga e Juliana tenta ajudar. Juliana é chicoteada por Maria Isabel. Esméria está furiosa diante de Beatrice que revela que Maria Isabel não quer deixar Catarina comprar sua liberdade. Juliana está caída no chão, com as costas nuas. Maria Isabel tem o chicote nas mãos. Irani embrulha alguns doces e Nestor na rede percebe que ela está irritada e diz que está cansada. Zé Leão chega na casa de tia Joaquina e vê que Juliana está caída, desacordada e se assusta. Quintiliano toca a sinetinha sem parar, muito nervoso na tentativa de avisar que não foi Almeida quem roubou a pepita de ouro e sim Genésio. Bá Teixeira está assustada e corre para buscar água para acalmar Quintiliano. Tomás joga xadrez com Átila e diz que aceitou ensaiar a trupe no lugar de Tozé a pedido de Violeta. Maria Isabel deitada na cama, com o rosto suado sente dores e tem a respiração ofegante. Beatrice e Teresa chegam e tentam ajudar e Maria Isabel pergunta de Miguel. Esméria procura por ajuda e vê Miguel que chega no engenho. Esméria corre para avisar que Juliana precisa de ajuda. Miguel entra desesperado. Zé Leão vela por Juliana ainda inconsciente. Miguel pega Juliana nos braços. A pensão está cheia e músicos tocam para Petúnia executar sua dança. Todos pedem em coro por Rosalinda que olha para Petúnia, vitoriosa. Almeida com ódio, anda de um lado para o outro da cela e diz que vai se vingar de cada um quando sair. Osório está calmo. Osório oferece aliança a Almeida e os dois apertam as mãos. Zé Leão está com medo de ajudar Miguel a fugir. Dr. Pacheco examina Maria Isabel e avisa Beatrice que não há mais nada que possa ser feito. Maria Isabel não sabe de nada ainda e pede a Tito Pardo que encontre Miguel. Esméria conta a Sapião que está livre. Zé Leão diz a Miguel que vai ajudá-lo até metade do caminho. Miguel e Zé Leão carregam Juliana e vão  se afastar Tito Pardo chega correndo e pergunta o que estão fazendo.

Capítulo 85 – Terça-feira, dia 27 de setembro (S.74)
Zé Leão ajuda Miguel a carregar Juliana em uma maca improvisada. Maria Isabel recebe a notícia do Dr.Pacheco que infelizmente não conseguiu salvar o bebê. Maria Isabel chora e, com muita raiva, culpa Juliana pelo o que aconteceu. Tito Pardo conta para Miguel que Maria Isabel perdeu o bebê. Miguel não dá ouvidos e continua a carregar Juliana com a ajuda de Zé Leão e Tito para longe do engenho. Beatrice, Teresa e Tia Joaquina tentam acalmar Maria Isabel. Sem sucesso, pedem que Dr.Pacheco faça algo e ele dá um elixir.  Nestor está triste e pensativo. Belenzinha se aproxima e percebe a tristeza do pai. Eles conversam e Nestor tem a ideia de pedir ajuda a Tomás. Rosalinda humilha Petúnia na frente dos homens. Petúnia sai com muita raiva da pensão e acaba se encontrando com Átila na rua. Átila pergunta se Petúnia sabe de Jasmin e ela não se interessa pela conversa e se afasta. Tito Pardo e Miguel carregam Juliana por uma trilha na mata. Juliana muito fraca continua desmaiada. Tito Pardo diz que é melhor encontrar um lugar para passar a noite e indica um caminho. Zé Leão conta para Esméria que Tito Pardo apareceu e levou Juliana junto com Miguel. Esméria diz que não sentirão a falta de Juliana por causa dos acontecimentos com Maria Isabel. Maria Isabel adormece e Beatrice aproveita para perguntar ao Dr.Pacheco se sua filha conseguirá engravidar novamente. O médico diz que provavelmente não. Miguel continua carregando Juliana com Tito Pardo até que eles avistam alguém segurando uma tocha. Eles se deparam com quilombolas e pedem ajuda. É quando um dos quilombolas reconhece Miguel e já se ajoelha diante dele, beijando suas mãos. Ele diz a Líder que foi Miguel quem o libertou junto com outros escravos. Líder leva Juliana para cuidar. Tito Pardo diz a Miguel que precisa voltar para o engenho mas Miguel diz que precisa de mais um favor.  Tito Pardo vai até a casa de Irani e pede para ela ajudar a salvar Juliana. Irani sai para ajudar. Irani coloca várias ervas nas costas de Juliana, que está dormindo. Miguel está a seu lado, sofrido. Ambos parecem exaustos. Juliana desperta, bem devagar, ainda sentindo muitas dores. Miguel a beija na testa. Maria Isabel e desperta e pergunta de Miguel e Beatrice diz que Tito Pardo foi busca-lo. Sapião pressiona e Esmeria conta o que aconteceu com Juliana. Tito Pardo diz à Beatrice que não encontrou Miguel na mata. Teresa vai conversar com Guilherme e pede que ele faça justiça com Almeida. Guilherme se surpreende com o pedido e dá um beijo em Teresa. Irani cuida de Juliana que acorda e recebe a notícia que Maria Isabel perdeu o bebê. Maria Isabel pede que Zé Leão traga Juliana viva ou morte. Ele diz que não pode fazer isto. Loreto abre a cela para Almeida sair. Almeida segue para a assembleia, seguido por Loreto. Na câmara municipal Guilherme pede que uma testemunha entre. Almeida se assusta já que não cometeu furto nenhum. Neste momento, Quintiliano aparece. Juliana acorda e recebe o carinho de Miguel. Ela começa a tossir e ele entrega um pano para proteger a boca. Eles se espantam quando veem que há sangue no pano.

Capítulo 86 – Quarta-feira, dia 28 de setembro, (S.75)
Miguel e Juliana estão espantados, olhando o pano com sangue. Maria Isabel pergunta porque Zé Leão não trouxe Juliana e ele diz a Maria Isabel que Juliana morreu. Quintiliano está na câmara e encara Almeida tocando a sineta quando questionado por Loreto se foi Almeida quem roubou a pepita de ouro. Catarina chega a câmara e discute com Urraca por Almeida não ter dado a liberdade a Esméria. Urraca responde que Esméria já está livre graças a Almeida. Catarina reage espantada. Bá Teixeira explica a Filipa que Genésio pegou a pepita para fugir com a Esméria. Genésio encontra Esméria no solar e diz que está feliz com a sua liberdade. Genésio vai dar um abraço em Esméria e ela se desvencilha. Catarina chega e fica feliz em ver Esméria. Catarina pede a Tozé que providencie um quarto para Esméria e ele responde que não tem nenhum disponível. Esméria pergunta a Rebeca se ela tem quarto que responde que sim. Esméria pede que desocupe seu quarto para ela se hospedar nele, todos se espantam. Filipa vai até a câmara e se diz culpada pelo roubo da pepita para inocentar Genésio e consequentemente Almeida. Irani volta ao armazém e diz a Nestor que precisa pegar algumas coisas e voltar ao quilombo para ajuda-la. Rosalinda espatada diante de Loreto que teve que soltar Osório que havia invadido a pensão anteriormente. Urraca e Almeida brindam com vinho. Almeida diz a Urraca que pedirá para Miguel devolver a casa dela. Miguel está diante de Juliana que dorme, muito enfraquecida. Irani chega e pergunta como ela está. Irani já abre a sacola com as ervas e prepara uma mistura. Miguel agradece Zé Leão. Zé Leão aconselha Miguel a voltar para o engenho antes que desconfiem de seu sumiço. Almeida está diante de Maria Isabel e fica chocado com o que ouve de Maria Isabel que matou Juliana. Irani faz um carinho no rosto de Juliana que geme e murmura. Juliana murmura o nome de Isaura e Irani pergunta quem é Isaura. Juliana responde que é uma filha que um dia terá com Miguel. Almeida está nervoso diante de Maria Isabel e ela diz que Zé Leão pode estar mentindo. Maria Isabel pede para Almeida encontrar os dois a qualquer custo.

Capítulo 87 – Quinta-feira, dia 29 de setembro, (S.76)
Almeida conversa com Maria Isabel e diz que ela não deveria ter matado Juliana. Ele diz que está quase se tornando presidente da Câmara e não pode colocar tudo a perder por conta do descontrole da cunhada. Guilherme e Filipa estão muito emocionados diante de Quintiliano que perde perdão aos filhos. Os três se abraçam. Genésio conversa com Bá Teixeira e diz que Esméria o tratou mal. Ele diz que Esméria morreu para ele. Esméria, com ar um tanto pedante, terminade se instalar no quarto. Ela pede a Tozé que a chama de sinhá. Rebeca alerta Catarina sobre Esméria que está maltratando todos. Zé Leão, Sapião e Miguel conversam na senzala sobre o estado de saúde de Juliana. Almeida aparece de surpresa. Zé Leão e Sapião falam que foram procurar Miguel no mato a pedido de Maria Isabel e que Miguel caiu em uma armadilha de quilombolas. Miguel entra em casa e encontra com Teresa. Urraca e Beatrice fazem perguntas sobre o que aconteceu. Miguel explica que caiu em uma armadilha. Sapião conversa com Tia Joaquina e pede que ela confirme a morte de Juliana para Beatrice e Teresa. Miguel vai ver Maria Isabel. Ela o abraça e ele sai de perto.  Esméria está no quarto deitada na cama e assustada com uivos lá fora.  Catarina aparece, a tranquiliza e começa a cantar uma música africana. Maria Isabel pede para Almeida fazer de Miguel um aliado e passar algumas responsabilidades a ele. Ela diz que se Miguel não tiver qualquer laço com a família, será capaz de tudo. Bá Teixeira serve o café da manhã  para Quintiliano, Filipa, Guilherme e Tomás. Beatrice chega de surpresa para uma visita e troca olhares com Quintiliano. Ele se agita e Filipa pede que Beatrice fique na cozinha. Esméria aparece com vestidos e peruca de forma exagerada. Tozé e Rebeca seguram o riso. Esméria fica com raiva e diz que castigará os dois.  Irani e Sapião cuidam de Juliana que já apresenta melhoras. No café da manhã, Almeida diz a Miguel que poderiam trabalhar juntos. Miguel desconversa, sai da mesa e vai para a cozinha conversar com Tia Joaquina que o aconselha a ter mais paciência.  Miguel caminha sério atrás de Almeida que acena para as pessoas na rua, como um político. Miguel aproveita que Almeida se distancia e conversa com Nestor. Nestor pede para Irani voltar. Miguel diz que vai despistar Almeida para ir ao Quilombo. Teresa dá indiretas à Maria Isabel sobre o sumiço de Juliana e diz que Miguel ama a mucama. Miguel observa Almeida que orienta alguns soldados. Miguel vai até o frei Abilio e pergunta sobre a anulação do seu casamento. Maria Isabel pergunta à Tia Joaquina se ela sabe onde está Juliana e diz que se não falar ela apanhará. Tia Joaquina responde se Maria Isabel não sabe mesmo onde Juliana está. Maria Isabel fica surpresa com a pergunta. Osório diz a Almeida que vai encontrar Juliana de qualquer jeito. Miguel observa a conversa dos dois. Juliana acorda. Sapião diz que precisam sair de lá porque os quilombolas estão se mobilizando por causa da festividade na Vila.


Capítulo 88 – Sexta-feira, dia 30 de setembro, (S.77)
Juliana, Irani e Sapião estão bastante tensos. Juliana ainda sente dores, fala com um pouco de dificuldade. Juliana orienta que Sapião deve voltar ao engenho, mas Sapião recusa voltar sem Juliana que afirma ser sentença de morte na certa, caso ela volte. Osório e Almeida conversam e Miguel observa de longe. Osório diz a Almeida que seguirá Miguel e relembra acordo na prisão de ser seu aliado. Miguel tenta convencer o frei Abílio a anular o casamento com Maria Isabel. Filipa serve um copo d’água para Beatrice, que está bastante nervosa após ver a reação de Quintiliano ao vê-la. Catarina visita Guilherme e Quintiliano e pede desculpas pelo ocorrido na câmara. Catarina espera resposta de Guilherme e alguns instantes, Quintiliano estende a mão a Catarina que se surpreende com o gesto dele. Tozé se oferece para ajudar Esméria que está nervosa ao não saber se vestir. Miguel encontra com Átila que fica chocado ao saber que Maria Isabel perdeu o bebê ao espancar Juliana e aconselha Átila a dizer ao frei Abílio que foi o primeiro a se deitar com Maria Isabel. Tomás desiste de Nestor, Belezinha e Dália na direção dos ensaios e vai embora. Catarina pede a Tozé que leva a harpa para a casa de Quintiliano. Genésio diz a Bá Teixeira que se recusa a ir à festa. Teresa se surpreende ao entrar no quarto e vê Maria Isabel se arrumar para a festa. Juliana não quer ir embora sem antes falar com Miguel e Sapião diz que se ela demorar mais pode ser tarde demais. Maria Isabel se irrita com Teresa que pergunta o que fez com Juliana. Sapião chora ao ver que Juliana não vai partir e Juliana o abraça, emocionada. Quintiliano com dificuldade diz que ama Beatrice e Filipa percebe que ele sentiu vergonha de Beatrice. Almeida na praça, próximo ao local da placa coberta. Algumas pessoas e um clima de festa na vila. Miguel observa ao lado de Almeida. Bá Teixeira pede permissão a Quintiliano para ir a festa e Quintiliano concede. Catarina senta e começa a tocar harpa para Quintiliano. Esméria aparece elegante na festa e se depara com Tia Joaquina e fica constrangida. Almeida diz a todos que aguarda apenas sua família chegar para dar prosseguimento à homenagem e revelar a placa. Sapião continua ao lado de Juliana, que segue deitada. Irani diz que precisa ir embora e que Nestor não perdoaria se ela perdesse a festa. Sapião abraça Juliana com força e vai embora acompanhado de Irani. Miguel aproveita a distração de todos na festa e sai de perto de Almeida. Osório percebe e segue Miguel.

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

.