Encontro peca ao não aprofundar pautas e escantear convidados

By | 2 comentários


Eu gosto do Encontro, mas muitas vezes fico com a sensação de que faltou algo.

Isso ocorre em duas ocasiões, e a primeira em relação às pautas. Frequentemente o programa faz uma abordagem rala, sem aprofundamento.

Enquanto isso, pautas como racismo são frequentes. E até cansativas. Sim, os crimes a esse respeito são muitos, mas é preciso variar.

Outro ponto são os convidados. É comum Fátima Bernardes receber medalhões e não usufruir das presenças.

Mas mesmo o convidado mais desconhecido não tem espaço: já vi edições com personalidades dizendo uma única fala durante todo o matinal.

É deselegante a pessoa sair de casa para isso.

O formato precisa ser reavaliado. Dá audiência, mas pode ser melhor.

Postagem mais recente

2 comentários:

  1. Bem interessante essa sua colocação. Também gosto muito do Encontro, mas acho que o programa peca em trazer questões que são discutidas de forma rasa, o que dá margem a críticas como aconteceu no programa que debateu a ética médica. Existe o tribunal da internet que nem se preocupou em ver o que realmente aconteceu, mas o formato do programa sempre traz 2 ou 3 assuntos por programa e em pouco mais de 1 hora, dificilmente um tema poderia ser realmente debatido de maneira relevante. Ainda mais se for considerado a maneira que a questão se deu: parece aqueles quadros de sorteio de prêmios, onde o participante escolhe em que porta vai ficar e depois recebe o prêmio que está atrás da porta e nesse caso o esquema funciona pois é tipo um sorteio, mas no programa da Fátima dá margem a essas polêmicas desnecessárias, pois os assuntos não são discutidos com a devida seriedade.

    ResponderExcluir

  2. é como ontem... teve aquele rapaz sem braços e pernas, foi linda, emocionante a participacao dele. mas dominou o programa. os outros convidados viraram vasos. isso me incomoda.

    ResponderExcluir