Lágrimas de Amor - Resumo dos Capítulos 51 ao 55 (12.12 a 16.12)

By | Comente


Capítulo 51, segunda-feira, 12 de dezembro

Rômulo propõe a Regina que cuide de Olga durante sua gravidez. Julieta comenta com Apolinário que ainda que ás vezes não entenda Regina, respeita suas decisões. Rômulo diz a Regina que ela aparenta ser a babá de Patrício. Regina não está disposta a tolerar essa mentira. Inácio conta a Fidel que Consuelo fez uma serenata para ele. Rômulo aconselha Regina a aceitar sua condição. Rômulo chantageia Regina para aceitar o “trabalho”. Tonho garante a seus clientes que tem Edmundo sob seu controle. Marina discute com Fidel e Inácio por perderem tempo. Regina reza para tomar uma decisão. Consuelo fala com Lucero sobre a serenata. Sandra fala com Raúl contando-lhe como foi a entrevista com Flor. Zaida conta a Edmundo que assassinaram Pinzas. Margot quase surpreende Benjamin trocando uns papéis. Julieta diz a Regina que não pode aceitar uma situação tão humilhante, além de que é obrigação de Patrício cuidar de Olga. Julieta não está de acordo com o sacrifício de Regina. Mercedes vai perguntar pela saúde de Olga. Regina está segura que Patrício não está sabendo dos planos de Rômulo. Olga se zanga com Patrício por sua mãe não ter se interessado em conhecê-la, nem saber onde vivem. Julieta sugere a Regina que não permita que Patrício continue a rejeitando. Olga promete a Marina manter contato com ela. Raul e Sandra chegam para visitar Olga. Marina propõe a seus filhos e a Inácio irem festejar. Julieta sugere a Regina que fale com Mercedes. Julieta aconselha Regina a falar com Mercedes. Patrício pergunta a Flor se sabe qual é o mistério atrás do medo de Olga de ter filhos. Regina está disposta a sacrificar-se desde que seja para ajudar Patrício. Regina crê que o atual trabalho de Edmundo vá ajudá-lo no futuro quando ele for médico. Sandra sugere a Olga permitir que Mercedes cuide dela. Marina e seus filhos falam sobre o fato de, as vezes, os pais terem que se separar de seus filhos, ainda que não queiram. Edmundo fala a Lucero que a ama, ela se preocupa. Regina diz a Edmundo que não devem dar as costas ao bebê de Patrício. Regina diz a Edmundo que confia que o bebê fará com que Patrício mude e se torne uma pessoa melhor. Edmundo diz a Regina que ela é muito boa mãe. Flor conta a Patrício que Olga teve um aborto e isso a afetou demais emocionalmente. Patrício quer ir reclamar com Olga por tê-lo enganado. Olga se zanga e começa a sentir dores no ventre. Flor aconselha Patrício a não dizer nada, do contrário Rômulo o deserdará. César se despede de sua mãe e ela fica muito triste. Flor diz a Patrício que ele também mentiu para Olga sobre seu passado. O médico chega para examinar Olga. Regina aconselha seus filhos a ter relações saudáveis com suas parceiras. Patrício e Olga discutem e o doutor ordena que ela fique tranquila, pelo bem de seu bebê. Edmundo e Inácio falam da situação de Patrício, que não está disposto a seguir cuidando de Olga. Edmundo felicita Regina por colocar seu ex-patrão em seu lugar. Mercedes diz a Olga que está ali para cuidar dela porque não pode ficar só. Rômulo estranha que Patrício esteja cuidando de Olga. Mercedes insiste com Rômulo para que consiga uma pessoa para cuidar de Olga. Flor aconselha Patrício a ser paciente para que ocupe o lugar de Rômulo algum dia. Rômulo se apresenta na casa de Regina.

Capítulo 52, terça-feira, 13 de dezembro

Rômulo pede a Regina para falar com o médico de Olga para que o explique sobre os riscos que ela corre em sua gravidez. Flor diz a Patrício que tem o controle de suas emoções. Na casa de Flor, Patrício atende uma ligação em seu celular. É Mercedes, que reclama com ele por não estar com Olga. Isaías diz a Lucero que pensa que ela é a única pessoa honesta que existe em sua empresa. O doutor Diaz diz a Regina que Olga tem mais que um problema físico, pois o que agrava muito sua situação é não possuir o menor desejo de ser mãe. Edmundo diz a Inácio que comprará um celular para Regina, para assim poder estar em contato com ela. Patrício e Olga discutem, Olga põe em dúvida a fidelidade de Patrício. Inácio escuta Regina que, por telefone, diz a Julieta que terá que tomar uma decisão muito difícil. Patrício diz a Mercedes que está seguro que ele não é o único que guarda segredos sobre sua vida, e sabe que a família Ancira também guarda segredos sobre Olga. Regina revisa os documentos de Julieta e diz a ela que o que pagou ao banco é referente apenas ao empréstimo que realizou, e não pagou ainda nada de sua maior dívida. Regina propõe a Julieta apoiá-la com suas economias. Rômulo dá indicações a Marco para que atenda o juiz Marrufo. Apolinário aconselha Edmundo a ser independente de sua família. Rômulo diz a Olga que durante sua gravidez, Regina será quem cuidará dela. Olga não aceita e insulta Regina. Patrício exige respeito e Rômulo diz a Olga que as coisas se farão do jeito que ele ordenar. Diante da insistência de Mercedes, Patrício cumprimenta Regina com um abraço, a beija e sussurra em seu ouvido que sentiu saudades. Patrício finge náuseas e sai do local. Julieta pede a Apolinário que tenha paciência com Regina. Regina diz a Mercedes que não cobrará nada para cuidar de Olga e seu bebê. Olga diz a Mercedes que aceitará que os cuidados de Regina. Rômulo comenta com Patrício sobre o regresso do juiz Marrufo. Regina prepara a cama para que Olga descanse, e Clotilde a ensina a fazê-lo. Patrício se mostra nervoso e alterado diante de Raul pela presença de Regina na casa. Olga expulsa Mercedes de sua casa e insulta Regina, que a ignora. Mercedes comenta com Regina a dor pela rejeição de Olga. Edmundo conta a Lucero seus planos de ir pedir sua mão. Regina diz a Inácio que estará muito ocupada com alguém que pediu sua ajuda. Regina diz a Inácio que emprestará dinheiro para Julieta arrumar seus problemas, mas que ele não diga nada a Edmundo nem a Lucero. Rômulo se encontra com Regina do lado de fora da vila. Ele insiste para que ela entre em seu carro. Ela o faz. Inácio os vê e se surpreende.

Capítulo 53, quarta-feira, 14 de dezembro

Rômulo diz a Regina que foi buscá-la para assegurar-se de que ela iria a casa de Patrício. Ele se oferece para levá-la onde ela quiser ir. Na universidade, a Doutora Pastrana comenta com Edmundo ter ouvido rumores de que Tonho esteja distribuindo medicamento controlado de forma clandestina. Edmundo nega saber algo a respeito. A Doutora Pastrana aconselha Edmundo a não envolver-se com Tonho, já que perderia a licença em medicina. Na loja de Julieta, ela descobre que Regina aceitou o trato com Rômulo para cuidar de Olga. Inácio diz a Marina suspeitar que Patrício chantageou Regina. Marina aconselha Inácio a não se preocupar mais com a atitude de Regina. Ela pede que confie nela, pois sabe o que faz. Auditores da receita chegam a empresa atrás de Isaias. Patrício pede a Regina que deixe sua casa. Os auditores da receita dizem a Isaías que realizaram uma auditoria, pois suspeitam que ele cometeu uma fraude na empresa. Julieta comenta com Lucero que Regina estará cuidando de Olga e a pede que não diga nada a Edmundo. Benjamin recebe as autoridades. Eles riem e caçoam. Olga ordena Regina que a conte tudo sobre a família de Patrício. Edmundo diz a Tonho que na faculdade já sabem que estão distribuindo medicamento de forma ilegal entre os alunos. Olga se porta de forma grosseira com Regina, que se mostra tolerante diante do mal trato. Tonho pede a Edmundo que o diga quem o advertiu sobre a distribuição dos medicamentos. Edmundo se nega a responder.  Augusto chantageia Melissa para que lhe conte a causa pela qual Patrício se encontra alterado. Isaías descobre que Benjamin foi o responsável pela fraude. Em um restaurante, Lucero diz a Edmundo que se demitirá da empresa onde trabalha. Regina diz a Inácio que ela tem cuidado apenas de assuntos relacionados a Patrício. Dois auditores chegam a empresa e Isaias pede a Margot que os conduza até o jardim. Isaias sai da empresa e sofre um acidente. Lucero presencia a cena. Edmundo avisa Inácio sobre o acidente de Isaias. Marina questiona Inácio e ele diz que Isaias, ex-chefe de Regina, faleceu ao ser atropelado. Marina desmaia ao ouvir o nome de Isaias. No escritório Ancira, Patrício se zanga quando Raul comenta de sua amizade com Lucero. Marina diz a Consuelo que Isaías era seu pai. Margot e Lucero deduzem que os problemas de Isaias foram causados por uma armação de Benjamin. Clotilde comenta com Regina que Olga trata sua mãe como sua pior inimiga. Consuelo dá a Inácio um broxe em forma de metade de um coração. Patrício chega bêbado em casa e reclama com Regina, pois segundo ele, ela deseja arruinar sua vida. Eles discutem. Benjamin chega a empresa e se dá conta de que a interditaram. Um policial o explica os motivos. Sandra propõe a Raul organizar um jantar e convidar Lucero e Edmundo. Por celular, Regina se comunica com Edmundo e este a informa da morte de Isaias. Regina pede a Olga que a permita sair mais cedo. Olga permite, mas pede que Regina traga agulhas e lã no dia seguinte, pois deseja aprender a costurar.

Capítulo 54, quinta-feira, 15 de dezembro

Patrício conta seus problemas a Flor. Por telefone, Inácio diz a Edmundo que não chegará cedo, pois ficará para acompanhar Consuelo, já que o pai de Marina faleceu. Rômulo reclama com Augusto por estar procurando pretextos para aproximar-se de Olga e o avisa que, se seguir assim, o demitirá do escritório. Melissa entrega a Augusto o cartão de apresentação de Benjamin. Margot e Lucero pedem a Edmundo que consiga para elas um emprego onde ele trabalha. Inácio comenta com Edmundo e Regina que o pai de Marina era Isaias. Regina se assusta. Na casa da Família Duran, informam a Marina e Consuelo que são as herdeiras universais de Isaias. Lucero diz a Edmundo que ainda que eles se casem, ela pretende continuar trabalhando e ganhar seu próprio dinheiro. Edmundo aceita. Por telefone, Rômulo pede a Regina que vá por Patrício, já que ele ainda não chegou ao escritório. Patrício diz a Regina que começou a beber, porque a presença dela em sua casa o estressa. Regina ensina Olga a costurar. Regina repreende Inácio ao escutá-lo falar mal de Patrício. Edmundo pergunta a Regina se caso ele fizesse algo ruim, ela seguiria o amando como faz com Patrício. Inácio diz a Consuelo que agora que ela receberá a herança que Isaias deixou, sua vida mudará. Ele diz que é melhor terminarem qualquer tipo de relação entre eles. Edmundo e Regina notam que Inácio está desanimado. Regina diz a Edmundo acreditar que Inácio discutiu com Consuelo. Edmundo aconselha a permitir que eles mesmos ajeitem seus problemas. Na casa da família Duran, Consuelo comenta com Marina que Inácio terminou a relação com ela, pois se sente diminuído diante do fato dela agora ser rica, já que receberá uma herança milionária. Marina aconselha Consuelo a falar com Inácio. César volta para a casa de Marina. Edmundo diz a Inácio que deveria se desculpar com Consuelo pela discussão que tiveram. Na mansão Ancira, Mercedes e Érica questionam Regina sobre o pai de Patrício. Marina vai em busca de Inácio e o repreende pela discussão que teve com Consuelo. Inácio se desculpa. Regina se nega a comentar com Mercedes e Érica sobre a vida de Patrício. Regina diz a Mercedes que Patrício e ela terminarão afastados, então o melhor é que não comentem nada sobre a vida do rapaz. Na oficina mecânica, Inácio se ajoelha para pedir perdão a Consuelo. Ela o perdoa. Eles se abraçam e se beijam. Marina e Consuelo são informadas que a empresa que herdaram abriu falência. Olga comenta com Regina sobre o porquê de achar que a culpa de tudo de mal que lhe acontece é de Mercedes. Consuelo recebe documentos com o valor aproximado de sua herança, trinta milhões de reais.

Capítulo 55, sexta-feira, 16 de dezembro
Marina recebe uma carta que Isaias lhe deixou. César diz a Margot que escreveu quatro músicas que narram à história de amor que há entre eles. No quarto de Olga, Regina a escuta dizer que ela começa a lhe agradar como pessoa. César propõe a Margot que vivam juntos em outro estado. Raul comenta com Aurora que Rômulo deu ao juiz Marrufo o posto que era dele. Regina diz a Patrício que Mercedes mandou chamá-la para questionar sobre a vida dele. Regina diz a Patrício sentir lástima por ele. Consuelo pede a Marina que não diga a ninguém sobre o dinheiro que receberam pela herança de Isaias. Consuelo acaba dizendo acidentalmente, diante de Fidel, Silvestre e Inácio, a quantia de dinheiro que herdou. Regina diz a Patrício que não duvida que Rômulo o chantageie. Regina diz a Patrício que ainda é tempo de fazer bem as coisas, e dizer a verdade. Edmundo comete uma indiscrição e diz perante Tonho que foi a Doutora Pestrana quem o informou sobre os medicamentos. Julieta dá a Regina um documento em que a nomeia sócia de sua loja. Olga diz a Patrício que Regina está lhe ensinando a costurar. Edmundo exige a Tonho que dê sua palavra de que não fará nada a Doutora Pastrana. Regina diz a Julieta que cada vez mais sente que Patrício não vai aceitá-la. César diz a Marina e Consuelo que voltará para a capital, onde viverá com Margot. Norma termina sua relação com Raul. Olga diz a Patrício que não queria ter um filho e que só o terá para lhe agradar. Edmundo descobre que Regina é quem está cuidando de Olga. Olga e Patrício discutem e ele a questiona sobre o aborto que sofreu no passado. Edmundo diz a Regina que não discutirá com ela, porque prometeu isso a Lucero. Patrício se desculpa com Olga por seus questionamentos. Por telefone, Edmundo comenta a Lucero sobre a discussão que teve com Regina. Lucero diz que já sabia o que Regina fazia, pois ela mesma a confiou essa notícia. Olga diz a Patrício que Rômulo é o único que a entende. Patrício se zanga e diz que eles não deveriam estar juntos. Edmundo diz a Tonho que buscará um apartamento para viver, com ou sem Lucero. Julieta diz a Lucero que ela e Regina têm culpa quanto a seus problemas com Edmundo. Consuelo insinua casamento a Inácio. Regina diz a Inácio quais suas razões para cuidar de Olga. Inácio diz respeitá-la, mas que não suporta que ela se faça passar pela babá de Patrício. Em um cassino clandestino, Zaida beija Edmundo. Sandra propõe a Raul, que fale com Norma. Inácio diz a Regina que ela sempre coloca os interesses de Patrício em primeiro plano. Edmundo vai atrás de Inácio para inscrevê-lo na universidade. Regina devolve o rosário á Apolinário e o diz que não pode correspondê-lo com nada mais que sua amizade. Inácio agradece Edmundo por apoiá-lo em seus estudos. Rosana e Tânia visitam Olga e dizem que ela está muito bem. Olga diz que é graças a Regina. Raul diz a Aurora que sairá do escritório Ancira. Olga obriga Patrício a cumprimentar Regina. Regina encontra Edmundo com uma mala. Ele diz que sairá de casa.

Postagem mais recente

0 comentários: