Troféu Vilson Malacrida: Quem fez sentir em 2016

By | 3 comentários

Para não passar em branco, eis alguns destaques de 2016 que merecem reconhecimento:

Selma Egrei, por dona Encarnação

Um conjunto de figurino, maquiagem, trejeitos, expressões faciais e atuação incríveis. Acredito que tenha sido o papel da vida de Selma.

Antonio Fagundes, por Afrânio

Não vi o início da novela, quando Fagundes foi alvo de muitas críticas. Mas o que assisti nas semanas finais da trama, foi o espetáculo de um monstro sagrado. Cenas emocionantes. Continua como um dos melhores, dentre poucos realmente bons no sexo masculino.

Justiça

Uma minissérie de encher os olhos. Uma resposta convincente para a pergunta: Manuela Dias é boa assim para emplacar duas tramas em um ano na Globo?

Liberdade, Liberdade / Marco Ricca

Acompanhei pouco, e me arrependi ao final: trabalho impecável da Globo. Destaco especialmente Marco Ricca, pois nunca vi o ator com um personagem tão bom. Esbanjou talento.

A cobertura política da GloboNews

Foi um ano de muitas desgraças, e assim também podemos resumir 2016 na política. A GloboNews "nunca desligou" e o trabalho, especialmente de Renata Lo Prete, Gerson Camarotti e Cristiana Lôbo, merece reconhecimento.

Jô Soares, pelo conjunto da obra

Segue inadmissível sua saída da TV. Especialmente com o caos que se mantém na política, o Meninas do Jô fará falta.

Fátima Bernardes

Se firmou como uma das melhores apresentadoras da TV. Topa tudo sem medo de ser feliz.

Paola Carossela e Ana Paula Padrão

O MasterChef é ótimo como um todo, mas ainda melhor por contar com as duas, que arrebentaram no MC Profissionais.

A mãe do goleiro Danilo da Chapecoense

Que a gente aprenda com dona Alaíde a enfrentar nossas dores e ainda dar conta de olhar para o lado, prestar atenção no outro. 

E fim. Feliz Ano Novo!
Postagem mais recente

3 comentários:

  1. Feliz ano novo pra você também e vida longa ao Cena em 2017.

    ResponderExcluir
  2. Querido Endrigo e demais amigos do Cena. Quero desejar a vcs um ano especial e de recomeço, reencontros e de conquistas... Este espaço me trouxe muitas alegrias e pessoas especiais que sempre comentavam as notícias no horário do almoço. E além da interação com o Endy, fazíamos àquilo que mais gostamos, comentar sobre tv! Assim como 2016 foi um ano dificíl pra todos, neste espaço não foi diferente. Cheguei até pensar que ele deixaria de existir, mas o carinho, o respeito pelo trabalho do Endrigo e as amizades que aqui nasceram, ele sobreviveu.

    Então amigos, desejo de coração que 2017 seja um ano novo aqui e que este recomeço nos reaproxime e nos "faça sentir" aquela alegria de outrora.

    Endy, em nome de todos os internautas do Cena, receba no "muito obrigado"!

    ResponderExcluir
  3. O ano passado eu pensei em parar com o Cena 50 vezes, isso é verdade. Mas acabei concluindo que, se chegou até aqui, capaz que não seja interrompido nunca rs feliz ano novo!

    ResponderExcluir