Globo erra ao ignorar Russo, que fez parte da história da emissora

By | Comente

No sábado (28), uma das figuras mais carismáticas da TV brasileira nos deixou. Russo partiu após passar os últimos anos afastado do ofício e, até aí, é impossível questionar a Globo: ele estava adoentado, havia sido internado e já tinha mais de 80 anos.

Ainda assim, com vontade de seguir trabalhando, foi reclamar na Record. Dizia estar passando necessidades e sentia-se mal, alegando ter sido abandonado por colegas famosos.

Xuxa, por exemplo, com quem Russo trabalhou por muitos anos na Globo, foi criticada e declarou em suas redes sociais ter ajudado diversas vezes o profissional, porém, argumentou que cabia à Record contratá-lo para realizar seu desejo de voltar à TV, e não a ela.

A questão é que, ok, a Globo não realizou o desejo de Russo de voltar ao trabalho, mas não homenagear um homem que durante 46 anos prestou serviços para a casa e era muito mais que um assistente de palco, querido pelo público?

Russo foi para a Globo o que Roque representa para o SBT. Duas figuras que sempre se destacaram nos programas nos quais atuaram. Enquanto esteve com Xuxa, Russo tinha tanto espaço que até se fantasiava e dividia o palco com a apresentadora. E fez muito sucesso ao lado dela, Chacrinha, Faustão... Ou seja, com alguns dos principais nomes da 'poderosa'.

Mas é normal a Globo se esquecer de quem ajudou a construir sua história. Chico Anysio sempre se lamentava por ter sido deixado de lado, mas não é que hoje o canal o "homenageia" com diversas reprises no Vídeo Show e a nova versão da Escolinha do Professor Raimundo?

No caso de Russo, ... continue lendo.

Postagem mais recente

0 comentários: