Seis atores salvaram A Lei do Amor de ser completamente ruim

By | Comente
Os telespectadores que chegaram até o final de A Lei do Amor, mesmo diante de uma das piores novelas da história da Globo, deveriam receber um prêmio.

Vera Holtz, José Mayer, Camila Morgado, Grazi Massafera, Otávio Augusto e Tarcísio Meira merecem uma congratulação ainda maior. Eles fizeram com que fosse impossível abandonar a história, absolutamente confusa.

Principal nome do enredo de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, Vera Holtz colocou Magnólia dentre as principais vilãs da televisão brasileira. A matriarca da família Leitão se transformou em uma serial killer. Tanto é verdade sua importância, que ela assumiu o protagonismo e a derrocada da megera fez com que A Lei do Amor batesse recordes de audiência.

Outro vilão de peso, Tião Bezerra também deixa uma marca importante na carreira de José Mayer, acostumado a ser sempre escalado para viver galãs. A dobradinha com Holtz é impecável, tensa e divertida.

Camila Morgado não ganhou um papel à sua altura, mas nos momentos em que teve a oportunidade de desenvolver Vitória, arrebentou em cenas tensas como quando ela constatou que Leonardo (Eriberto Leão) é o homem que a estuprou no passado. Ou ao ser informada do caso da mãe com Ciro (Thiago Lacerda). Deu banho de atuação.

Com Luciane, Grazi Massafera mais uma vez provou seu talento. Depois de uma personagem cheia de conflitos em Verdades Secretas, a atriz voltou ao ar com a bem humorada e afiada ex garota de programa que trouxe diversão à obra – e ainda colaborou para as investigações contra Magnólia.

Iluminada, Luciane tornou especiais as passagens de Otávio Augusto - foi uma pena seu afastamento por alguns meses! - e Tarcísio Meira pela produção. No caso do segundo, mesmo com Fausto preso à uma cama, poucos atores conseguiriam fazer um tipo com expressões tão limitadas quanto esse monstro sagrado da TV.

Sim, A Lei do Amor tem.. continue lendo
Postagem mais recente

0 comentários: