Belaventura: Resumos de 11 a 15 de setembro de 2017

By | Comente
Capítulo 35  S.31 - segunda-feira, dia 11 de setembro
Na sala do trono, Otoniel e Severo se encaram diante de todos os presentes. Pietra está espantada diante de Bartolion. Accalon retira algo de sua bolsa. Ele coloca sobre a mesa o frasco e o pergaminho e diz que encontrou num esconderijo na floresta. Na rua, Nodier mostra o crânio a todos e diz que há uma bruxa na vila. Bartolion recebe uma mensagem da guarda real para comparecer ao castelo. Mistral lê o pergaminho com as regras da luta diante de todos os convidados. Jacques aceita as condições. Tiana está preocupada, diante de Joniel para saber se o conde Severo autorizaria o casamento de Gonzalo e Brione. Dulcinéa, incrédula, chora bastante e leva a mão a barriga. Nodier chega furioso e procura por Pietra, Falstaff diz que ela não está. Dulcinéa ouve toda a conversa sem ser vista. Carmona discute com Tamar e diz que trocou o casamento com Enrico por um homem mais velho. Otoniel pede que Mistral traga as armas. Jacques e Enrico se encaram, ambos com as espadas em punho. Pietra observa os pergaminhos e o frasco e comenta com Accalon que sua mãe nunca contou nada a respeito de venenos e antídotos. Pietra tem alguns pensamentos da infância. Em seguida, já pega o frasco e coloca líquido dentro e pega uma semente e coloca no frasco e põe no fogo. Enrico e Jacques lutam. Pietra observa o líquido mudar de cor ao passar pelo fogo. Accalon está surpreso. Dulcinéa diz à Tiana que está grávida de Fasltaff e se sente envergonhada. Pietra e Accalon voltam para o castelo. Cedric, a pedido de Marion, liberta Fernão da masmorra. Severo arrasta a ponta de sua espada no chão, como se a estivesse afiando, só para provocar Otoniel. Otoniel parte para cima de Severo. No castelo, Pietra está escondida. Pietra paralisa ao ver Fernão e Marion. Otoniel derruba Severo e grita para que ele salve Lizabeta. Severo fecha os olhos, ficando desacordado, na tensão de todos.

Capítulo 36  S.32 - terça-feira, dia 12 de setembro
Severo está caído no chão, ferido e desacordado. Os nobres estão horrorizados. Otoniel retira a espada do ombro de Severo. Otoniel esbraveja para que Severo se levante e diz que ele tem que salvar sua filha. Jacques se ajoelha diante de Severo e pede que diga onde está o antídoto. Severo continua no chão, inerte. Marion e Fernão seguram Pietra que tenta se desvencilhar e deixa cair o frasco com o antídoto. Marion pega o frasco. Tiana conta para Joniel que Dulcinéa está gravida de Falstaff e ele se espanta. Nodier diz à Carmona que não aceita o casamento dela com Páris, pois era sua prometida. Nodier beija Carmona e ela desfere um tapa em seu rosto. Otoniel ordena que tranquem toda família de Severo na torre. Arturo, raivoso, parte para cima de Otoniel, mas é contido por um guarda. Marion manda Fernão levar Pietra para Valedo. Pietra se debate, mas Fernão tampa a sua boca. Marion entra na sala de combate e mostra o frasco com o antídoto que tomou de Pietra. Jacques pega o frasco da mão de Marion e segue para o quarto de Lizabeta. Jacques dá o antídoto para Lizabeta. Otoniel entra em seguida. Severo diz à Marion que ela precisa arrumar uma espada para que ele mate Otoniel e salve sua família. Páris reclama com Mistral que com todo os acontecimentos no palácio, seu casamento com Carmona pode não acontecer. Dulcinéa conta para Accalon que está grávida de Falstaff e que por isso não pode fugir com Accalon e o deixa indignado. Cedric repreende Nodier por se aproximar de Carmona. Enrico discute com Carmona e a acusa de ter planejado tudo para incriminar Pietra. Fernão desperta, assustado, por ter caído no sono. Ele olha em volta, e percebe que está sozinho e grita por Pietra. Pietra foge pela floresta.

Capítulo 37  S.33 - quarta-feira, dia 13 de setembro
Pietra está apavorada ao ver Biniek no chão, ferido e pensa que ele está morto. Fernão a agarra por trás e ela grita por socorro. Enrico explica a Otoniel que Bartolion disse que o tipo de veneno que atingiu Lizabeta já foi usado pela Ordem Pura. Bartolion pede que Carmona diga onde Pietra está. Corinto revela à Solimara que viu Nodier saindo do castelo na calada da noite acompanhado de guardas e acredita que levava um corpo. Sob o olhar de Bartolion, Otoniel anda de um lado para o outro pensativo, atordoado e esbraveja que ninguém consegue salvar Lizabeta. Otoniel pede que tragam Pietra de qualquer jeito, mas Bartolion diz que ninguém sabe onde ela está. Otoniel mostra a caixa para Bartolion e diz que a primeira vez que viu Pietra, ela carregava a mesma caixa. Bartolion diz que um pingente de pedra pode abrir a caixa e lembra que ela deu um cordão para Enrico quando eram crianças e que Enrico perdeu na floresta. Enrico pede a Mistral que Nodier seja preso. A Accalon, Tácitus, Gregor e Daros, Enrico pede que achem Pietra. No mercado, Matriona entra pra comprar mantimentos e Polentina grita por socorro, dizendo que apareceu uma bruxa. Matriona ignora a provocação. Otoniel vai até a masmorra e ordena que Severo abra a caixa. Enrico encontra Nodier e já parte para cima dele e pergunta porque perseguiu Pietra. Enrico desfere socos em Nodier e o joga no chão. Cedric prende Gonzalo na masmorra que diz ser inocente. Pietra pede que Fernão a ajude encontrar a caixa e acha que Severo a escondeu no castelo. Otoniel entra no quarto de Lizabeta furioso e pede que Jacques se retire.Otoniel discute com Carmona. Lizabeta desperta.

Capítulo 38  S.34 - quinta-feira, dia 14 de setembro
Otoniel, Enrico e Carmona muito emocionados diante de Lizabeta. Pietra implora a Fernão que a ajude a encontrar a caixa. Lizabeta pergunta por Jacques. Mistral comenta com Elia que a princesa Lizabeta acordou. Accalon, Daros, Gregor e Tácitus fazem a busca na floresta atrás de Pietra. Eles se detêm ao verem no solo um pano com sangue. Lizabeta conta a Enrico que Merlino deu algo para ela beber antes de adormecer. Otoniel conta a Cedric que Lizabeta despertou e ele se surpreende. Dumas pergunta à Tamar se a promessa de casamento entre eles foi mesmo desfeita. Tamar assente, sorrindo. Dumas beija a mão de Tamar. Cedric vai até a prisão onde está Gonzalo e o acusa de ser o invasor do castelo e que colocou a flecha no trono do rei e o sangue na cama da princesa Carmona para fragilizar o rei. Gonzalo nega e jura ser inocente e diz que Nodier está tentando achar um culpado. Gonzalo diz que foi ao castelo saber informações da família de Brione e declara que fez isso por amor a ela. No castelo de Valedo, Laurinda se encontra com Pietra e pergunta o que ela está fazendo lá. Pietra pede ajuda e diz que foi arrastada por lá por Fernão. Dulcinéa mexe em algumas trouxas de baús antigos e retira roupas velhas. Falstaff aparece e diz que não há necessidade daquilo e que irá arrumar vestes novas para ela. Dulcinéa pede que ele pare de ser dissimulado e afirma que a gravidez foi o primeiro passo para suas irmãs desaparecerem. Lizabeta diz à Elia que precisa ver Enrico. Otoniel manda trazer Severo, Marion, Jacques, Leocádia e Arturo na sala do trono para dizer que não haverá guerra entre eles. Jacques pede para ver Lizabeta e Otoniel nega e pede para esquecê-la. Enrico está na floresta a procura de Pietra. Carmona reclama com Cedric que Enrico não vai descansar enquanto não trouxer Pietra de volta ao castelo. Mistral diz a Jacques que ele deveria ter voltado para o castelo com sua família. Jacques diz que não será cúmplice de seu pai. Jacques está prestes a ir embora do castelo quando Lizabeta grita seu nome. Os dois se abraçam e se beijam. Pietra finge que dorme, quando Fernão se aproxima com um prato de comida. Quando Fernão vai levantar Pietra, ela tira a adaga e encosta no pescoço dele e diz para leva-la até a caixa de sua mãe.

Capítulo 39  S.35 - sexta-feira, dia 15 de setembro
Enrico está com Accalon, Tácitus e Daros na Floresta quando encontra Selena. Enrico diz que vão acompanhá-la em segurança. Enrico também aproveita e se afasta para pedir para Accalon que continuem procurando por Pietra. Pietra segue com a adaga no pescoço ao lado de Fernão. Ela pede para Fernão levá-la até e caixa e deixá-la fugir. Se fizer isto, ele será recebido pelo príncipe na corte. Fernão a encara. Jacques e Lizabeta se beijam. Ela diz para ele que são vítimas de uma guerra de dois inimigos e que ele não desista dela. Mistral vai até a cela onde está Nodier e sente falta do homem que dizia ser como pai de Pietra. Mistral fica intrigado. Gonzalo está tenso diante de Otoniel e Bartolion. Cedric também está presente e muito agitado. Eles descobrem que Gonzalo fez uma réplica da caixa a pedido de Severo. Bartolion diz que o conde Severo aproveitou da habilidade de Gonzalo para fazer uma caixa igual e conclui que a verdadeira caixa ainda deve estar no castelo de Valedo. Otoniel fica tenso. Pietra procura a caixa com Fernão e agradece pela ajuda. Marion entra e quer saber o que está acontecendo. Pietra se assusta. Severo conversa com Leocádia e diz que Pietra pode ser muito valiosa caso o antídoto que ela deu à Marion for de verdade. Gonzalo diz a Otoniel que é inocente e não existe motivo para prendê-lo.  Fernão diz à Marion que estão procurando pelas flechas envenenadas do conde Severo, pois caso a família dele fosse condenada ele teria a chance de defendê-los. Marion acredita e diz que quer falar a sós com Pietra. Ela diz que o antídoto que ela preparou não funcionou. O que funcionou foi a que foi buscar conforme os planos do marido. Enrico ajuda Selena e ela fica feliz. Severo diz para Pietra ser sua aliada e que ela não tem outra escolha. No castelo Belaventura, Mistral propõe a Joniel que se torne um defensor do rei. Gonzalo agradece Mistral pela compreensão do rei. Cedric solta as correntes de Nodier. Cedric conta que o rei perdoou Gonzalo e diz que o plebeu vai se arrepender por não ter colaborado com ele. Otoniel conversa com Bartolion e diz que percebeu que Cedric ficou nervoso ao ver que a justiça não foi aplicada de forma enérgica. Enrico pede que Carmona cuide de Selena. No castelo Valedo, Marion diz para Pietra que ela vai ter trabalho árduo no castelo. Otoniel entra no quatro e quer conversar com Lizabeta. Ele diz que Jacque gosta muito dela e que ela também deve gostar muito dele. Lizabeta fica na expectativa. Otoniel continua e diz que este romance não tem a menor chance de acontecer. Leocádia se encontra com Jacques no castelo Valedo e diz para ele não confiar em Otoniel. Leocádia diz que Jacques está cometendo um grande erro ao ficar contra a própria família. Jacques diz que não é o rei que é importante para ele. E Leocádia conclui dizendo que aquilo que é importante para ele, pertence ao rei. Otoniel diz para Lizabeta que não quer ser um rei enérgico e pede que ela confie nele. Enrico entra no castelo Valedo e Severo não gosta. Enrico diz que é o príncipe de Belaventura e pode entrar em qualquer lugar. Enrico pede que Severo traga Pietra imediatamente.
Postagem mais recente

0 comentários: